Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O protótipo já era conhecido, agora foi oficialmente apresentada a versão definitiva do Lynk & Co 03, sedan que a marca chinesa vai produzir na fábrica da Volvo em Ghent, na Bélgica, de onde também sai o XC40 – SUV com o qual, aliás, partilha a plataforma modular CMA.

Com 4.639 mm de comprimento e 1.840 mm de largura, a nova berlina de quatro portas exibe uma estética cativante e musculada, com as linhas vincadas da carroçaria a fazerem sobressair esse apelo quase desportivo. À frente, a nota vai para as luzes diurnas sobre o capot, enquanto na secção traseira os LED voltam a marcar a diferença numa assinatura luminosa com personalidade, claramente a procurar enfatizar a largura do 03.

Quanto ao interior, embora não tenham sido reveladas fotografias, espera-se que o ambiente pouco difira dos já conhecidos SUV 01 e 02, onde o painel de instrumentos digital e o ecrã tipo tablet que serve o sistema de infoentretenimento lembram os modelos da gama actual da Volvo. Um pouco à semelhança do que acontece também com a disposição dos comandos, como se as propostas da Lynk & Co fossem uma alternativa aos produtos do construtor sueco, expectavelmente por um preço mais atractivo, ainda que a marca chinesa pretenda ir a jogo entre os premium

No capítulo das motorizações, a nova marca do grupo Geely vai disponibilizar no 03 um motor 1.5 turbo de três cilindros a gasolina com 156 cv, bem como uma versão híbrida plug-in, capaz de percorrer 60 km em modo eléctrico. Uma variante puramente eléctrica também é esperada, mas lá mais para a frente.

A produção arrancará em 2019, pelo que o Lynk & Co 03 deverá chegar aos mercados europeus o mais tardar em 2020.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR