Notícia atualizada às 22h35

Um casal e duas crianças morreram na manhã deste sábado, dia 4 de agosto, na sequência da queda de um pequeno avião no cantão de Nidwalden, na Suíça. À tarde, caiu mais um avião na montanha Piz Segnas, localizada no cantão de Grisons, no leste do país. Ainda não se sabe quantas vítimas causou a segunda queda.

O primeiro avião caiu na manhã de sábado numa região florestal próxima da cidade de Hergiswil, tendo-se incendiado logo de seguida. Um helicóptero foi enviado para evitar a propagação das chamas e o início de incêndio foi dominado. Tudo isto aconteceu antes do acesso de equipas de resgate ao local.

O Ministério Público suíço e a polícia do cantão de Nidwalden investigam agora as causas da queda do avião. Foi já disponibilizado um número de telefone para o qual pessoas que tenham testemunhado o acidente ou que tenham informação sobre as vítimas poderão ligar.

Já a segunda queda aconteceu horas depois, com um avião de turismo Junker Ju-52 a despenhar-se na sequência de uma colisão com uma região montanhosa, a 2540 metros de altitude. Durante a noite, decorriam ainda buscas, com três helicópteros civis envolvidos na operação. Foi ainda iniciada uma investigação com o objetivo de apurar o que motivou a colisão.