Dezenas de pessoas morreram após um ataque aéreo ter atingido a capital iemenita de Saada, confirmou o Comité Internacional da Cruz Vermelha. Há crianças entre as vítimas: uma das bombas caiu em cima de um autocarro no mercado de Dahyan, no lado norte da cidade.

As autoridades ainda não confirmaram quantas das vítimas são menores mas Abdul-Ghani Nayeb, chefe do departamento de saúde de Saada, contabilizou 43 mortos e 61 feridos na sequência do ataque.  Johannes Bruwer, que lidera a delegação da Cruz Vermelha no Iémen, diz que a maior parte das vítimas são crianças com menos de 10 anos.

O Iémen tem sido palco de um conflito entre a Arábia Saudita aliados aos sunitas e os houthis, um movimento político-religioso composto maioritariamente por xiitas que controla o norte do país (incluindo a capital). O conflito dura há três anos.