A vitória da Juventus por 5-0 em Villa Perosa frente à equipa sub-23 parece quase irrelevante ao lado daquilo a que o Tuttosport chamou um verdadeiro “Ronaldo Day”. O internacional português precisou de apenas oito minutos para fazer o seu primeiro golo pela sua nova equipa, para delírio dos adeptos presentes, ofuscando tudo e todos.

https://www.youtube.com/watch?v=SN1RjMXnoxA

Ruas cortadas, 600 agentes e um remate acrobático: a estreia de Ronaldo pela Juventus (que demorou oito minutos a marcar)

Paulo Dybala, o novo parceiro de Cristiano Ronaldo na dupla de ataque até marcou dois golos, mas todas as atenções foram para o “alien” português. É assim que o jornal desportivo Corriere dello Sport o descreve na sua capa: um extraterrestre.

O jogo, que até acabou por ser interrompido ao minuto 72 devido a uma invasão de campo dos adeptos da Juventus, acabou eclipsado pela presença do “Ronaldíssimo”, como lhe chamou o jornal Tuttosport.

A Gazzeta dello Sport, que pintou a sua capa com a palavra “CristiAmo”, sublinhou as palavras do treinador Massimiliano Allegri sobre o “senhor Champions”. “É normal que Ronaldo trouxe experiência e qualidade e pode ser um estímulo para o crescimento de todos. Isso, no entanto, não faz perder as características da Juve, querendo vencer com desejo e sacrifício”, sublinhou o técnico biaconero.

Depois do seu jogo de estreia de preto e branco, CR7 escreveu um post em italiano no seu Instagram.

“Um dia emocionante, numa atmosfera especial que mostra a história vencedora da Juventus. Obrigado a todos os adeptos pelo carinho! #FinoAllaFine”.