Por vezes, quando chove, é impossível evitar projectar água de uma poça para cima de quem se desloca num passeio, seja porque não se detectou a tempo a acumulação de água, ou porque um outro veículo nos impediu de evitar a poça a tempo. Mas fazê-lo propositadamente manifesta uma falta de consideração pelos outros muito acima do que seria desejável. Lamentavelmente, há quem o faça e raramente (ou mesmo nunca) seja penalizado. Mas esse (felizmente) não foi o caso deste condutor.

Aos comandos de uma Ford Transit da empresa de obras Black&McDonald, um condutor tinha por hábito infernizar a vida aos habitantes de Ottawa, no Canadá, sempre que chovia. Se houvesse um transeunte nas proximidades de uma poça, era certo e sabido que o condutor tudo faria para lhe dar um banho de água suja.

We apologize to everyone impacted by the recent incident in Ottawa of unacceptable driving by one of our van drivers….

Posted by Black & McDonald Limited on Sunday, July 29, 2018

O funcionário da empresa canadiana “divertiu-se” até ao dia em que Saif Khan postou no YouTube um vídeo que gravou com a câmara do seu veículo (apontada para trás), onde documentou a proeza do “artista”. O vídeo rapidamente se tornou viral, ultrapassando 2,5 milhões de visualizações, pelo que não foi necessário esperar muito para que a Black&McDonald tomasse conhecimento do comportamento do seu empregado. E o despedisse.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A empresa de construção não revelou a identidade do condutor, mas publicou um pedido de desculpa no Facebook pelas suas acções, onde aproveitou para anunciar que tinha sido despedido. O sargento da polícia local, Mark Gatien, confirmou através do Twitter que a empresa tinha afastado o empregado e que não iria ser tomada nenhuma acção contra o condutor. Sujar alguém propositadamente é crime, mas é necessário existir queixa das vítimas.