Ex-mulher confirma que atacante quis suicidar-se

Argelino de 29 anos que foi abatido nos arredores de Barcelona depois de ter invadido esquadra quis mesmo suicidar-se. Ex-mulher revela que Abdelouahab Taib descobriu que era gay e preferiu morrer.

Por Observador