Os sindicatos de enfermeiros marcaram esta quarta-feira uma greve nacional para 20 e 21 de setembro, na sequência de uma reunião com a UGT e contra a falta de propostas do Governo para a carreira.

Os seis sindicatos tinham uma reunião marcada para esta quarta-feira para analisar a contraproposta do Governo, mas, à falta do documento, o encontro serviu para concertar formas de luta.

A greve foi convocada por todos os sindicatos de enfermeiros: Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, Sindicato dos Enfermeiros, Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem, Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal, Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros e Sindicato dos Enfermeiros da Região Autónoma da Madeira.

Ainda esta quarta-feira, os representantes das seis estruturas irão reunir-se com a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, sobre as negociações da carreira.