Rádio Observador

Panteão Nacional

SPA mantém proposta de trasladação de Zeca Afonso para o Panteão Nacional

573

Em comunicado, a SPA considera que a posição da família "é absolutamente respeitável e digna, mas não impeditiva da proposta" de uma entidade que "representa mais de 26 mil autores".

PAULO NOVAIS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) mantém a proposta de trasladação dos restos mortais de José Afonso para o Panteão Nacional, mesmo depois de a família do músico a ter rejeitado, anunciou esta quinta-feira o organismo.

“A proposta de trasladação dos restos mortais de José Afonso para o Panteão Nacional mantém-se por parte da SPA, com base nos argumentos aduzidos no comunicado difundido sobre o assunto”, refere o conselho de administração da entidade num comunicado enviado à agência Lusa.

A família de Zeca Afonso opôs-se na quarta-feira à proposta da SPA, lembrando que José Afonso “rejeitou em vida as condecorações oficiais que lhe haviam sido propostas” e “foi, a seu pedido, enterrado em campa rasa e sem cerimónias oficiais, em total coerência com a sua vida e pensamento”.

No comunicado, a SPA considera que a posição da família “é absolutamente respeitável e digna, mas não impeditiva da proposta” de uma entidade “que tem 93 anos de existência e representa mais de 26 mil autores de todas as disciplinas”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Panteão Nacional

O Panteão não é para todos? /premium

Paulo de Almeida Sande

Não, o Panteão não pode ser para todos. Primeiro porque não caberíamos lá (mas isso resolve-se). E porque se todos fossemos para o Panteão é como se ninguém fosse para o Panteão.

Segurança Social

A dívida implícita de Portugal

José Marques

Nos últimos 40 anos, período no qual se deu a maioria da acumulação desta dívida implícita, houve uma acumulação média, silenciosa, de dívida equivalente a mais de 10% do PIB por ano.

Trabalho

Ficção coletiva, diz Nadim /premium

Laurinda Alves

Começar reuniões a horas e aprender a dizer mais coisas em menos minutos é uma estratégia que permite inverter a tendência atual para ficarmos mais tempo do que é preciso no local de trabalho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)