A GNR deteve 414 pessoas, das quais 164 por condução sob o efeito de álcool e 53 por tráfico de droga, na última semana, foi anunciado esta sexta-feira.

Num conjunto de operações que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária, a Guarda Nacional Republicana fez 414 detenções, das quais 62 por condução sem habilitação legal, 26 por posse ilegal de arma e/ou arma proibida, 15 por furto, quatro por suspeitas de incêndio florestal, três por caça ilegal, e um por violência doméstica, entre outros motivos.

Os militares apreenderam também 1.905 doses de haxixe, 232 doses de liamba, 97 doses de cocaína, 31 pés de canábis, 23 doses de heroína, 10 doses de anfetaminas, 20 armas de fogo, 22 armas brancas, 22 veículos e 1.470 artigos contrafeitos.

Na área da fiscalização do trânsito, foram detetadas 10.034 infrações, com destaque para 4.113 excessos de velocidade, 462 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido, 435 por falta de inspeção periódica obrigatória, 343 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 294 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução e 160 relacionadas com tacógrafos.