Rádio Observador

Beja

Retomadas buscas para encontrar britânico desaparecido há oito dias em barragem

As buscas para encontrar um homem que está desaparecido na Barragem de Santa Clara, no concelho de Ourique, há uma semana foram retomadas às 8h00.

Autor
  • Agência Lusa

As buscas para encontrar um homem que está desaparecido na Barragem de Santa Clara, no concelho de Ourique, há uma semana foram retomadas às 8h00, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS). Nas buscas, que tinham sido suspensas no domingo à noite, participam mais de 50 operacionais entre bombeiros de Ourique e de Odemira e uma equipa de mergulhadores da Força Especial de Bombeiros.

O homem, de nacionalidade britânica, de 29 anos e que está desaparecido há uma semana, integrava um grupo de 10 britânicos, que seguia numa embarcação e numa boia, de acordo com fonte dos bombeiros, acrescentando que o alerta foi dado às 16h54.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Ourique, Mário Batista, explicou anteriormente à Lusa que seis pessoas seguiam a bordo da embarcação e quatro estavam na boia, que era rebocada pelo barco. “As quatro pessoas que estavam na boia caiaram à água, tendo três voltado para o barco. Um manteve-se desaparecido”, acrescentou o mesmo responsável.

De acordo com a cadeia de televisão Sky News, o britânico que desapareceu na Barragem de Ourique, estava a passar férias no sul de Portugal com a família de Jon Hunt, milionário do ramo imobiliário do Reino Unido e fundador da Foxtons, uma das principais agências imobiliárias do país. “Estamos a trabalhar com as autoridades portuguesas para entender o que aconteceu”, disse a família Hunt num comunicado citado pela Sky News.

Por sua vez, o jornal britânico Telegraph indica que o homem, que era amigo do filho de Jon Hunt, estava a passar férias com a família na zona de Ourique, onde o empresário britânico possui várias propriedades.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Combustível

Os motoristas e o mercado

Jose Pedro Anacoreta Correira

Quando o Governo não consegue instrumentalizar politicamente os sindicatos, passa ao ataque. A luta e defesa dos trabalhadores é só para trabalhadores do Estado e filiados na CGTP.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)