MINI

O Mini Cooper S da Madonna pode ser seu

Se é fã da Madonna, saiba que tem a oportunidade de adquirir o Mini Cooper S da rainha da pop, que hoje habita em Lisboa. O veículo serviu a cantora durante quatro anos e está à venda pela AutoTrader.

O Mini Cooper S preto que Madonna comprou em 2002 – encomendado com praticamente todos os itens de equipamento disponíveis –, está à venda na AutoTrader e nas revistas cor-de-rosa há inúmeras provas fotográficas, recolhidas pelos paparazzi, de que o modelo em causa, com a matrícula RX52 PAO era efectivamente utilizado nas deslocações da cantora entre casa, estúdio de gravações e a escola da filha, destinos que ainda figuram no sistema de navegação do modelo.

O Mini em causa esteve ao serviço da popular cantora e actriz durante quatro anos, no período em que Madonna habitou em Londres, com o seu marido Guy Ritchie. E a cantora, que desde há já algum tempo vive em Lisboa, até gostava bastante do pequeno e rápido veículo, tanto que até se referiu a ele de forma elogiosa na música American Life, que gravou em 2003, durante a qual afirma “I drive my Mini Cooper, and I’m feeling super-duper” (2.47).

Depois de quatro anos de uso, Madonna vendeu o Cooper S ao seu chauffeur, que o guardou religiosamente até agora. Com apenas 25.000 milhas no conta-quilómetros (cerca de 40.200 km), o Mini está agora à venda por 55.000 libras, qualquer coisa como 60.655€. Um valor elevado e que dá para comprar dois veículos novos equivalentes, mas que se justifica por ter pertencido a uma das maiores estrelas da música. E é o único Cooper S que tem, no interior do capot do motor (e algumas outras peças da carroçaria, porque o carro se revelou pequeno para tanta gente) a rubrica de todos os funcionários da fábrica de Cowley, onde o modelo foi produzido sob encomenda da cantora.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PSD

Marcelo, o conspirador /premium

Alexandre Homem Cristo

O pior destes 10 dias no PSD foi a interferência de Marcelo. Que o PSD se queira autodestruir, é problema seu. Que o Presidente não saiba agir dentro dos seus limites institucionais, é problema nosso.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)