Alfa Romeo

Alfa Romeo dá “lição” de elegância em Pebble Beach

187

O prémio mais apetecido do Concurso de Elegância de Pebble Beach já foi atribuído e o modelo distinguido foi um lindíssimo Alfa Romeo 8C de 1937. No processo, bateu um Talbot Lago e um Duesenberg.

Vencer o Concurso de Elegância de Pebble Beach para veículos de quatro rodas é tão complicado quanto ganhar o torneio de golfe que se disputa no mesmo local. Além da elegância e formas dos modelos expostos, é importante a sua raridade, a sua reputação à época, o seu estado e, sobretudo, o rigor com que foi restaurado. E, em 2018, o mais votado em todas estas categorias foi o Alfa Romeo 8C 2900B Touring Berlinetta, um coupé de duas portas de uma elegância ímpar, que viu a luz do dia em 1937.

Não é o primeiro sucesso deste modelo em concursos do género, nem a primeira distinção atribuída pelos jurados de Pebble Beach, uma vez que este Alfa já foi considerado o Modelo Fechado Mais Elegante na edição de 2001. Mas, desde então, os seus proprietários (David e Ginny Sydorick, de Beverly Hills) submeteram o 8C a uma profunda restauração, tendo em vista apresentá-lo exactamente como surgiu ao público no Salão de Automóvel de Berlin de 1938, certame que se seguiu às primeiras apresentações do veículo, nos salões de Paris e Milão do ano anterior.

Tendo permanecido na Alemanha até 1956, quando foi importada para os EUA, esta unidade do Alfa Romeo 8C 2900B, também conhecido como Coupé Leggero, foi profundamente restaurada em 1990, o que lhe assegurou a primeira vitória em Pebble Beach, antes desta última intervenção, que o distinguiu como o veículo Best in Show. No processo, o 8C bateu duas outras preciosidades da indústria, nomeadamente o Talbot Lago T26 Grand Sport Figoni Fastback Coupé, de 1948, e o Duesenberg J Murphy Town Limousine, de 1929.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt
Civilização

A evidência é desprezada?

António Cruz Gomes

Ainda que nascidos transitórios – para viver no mundo, com o mundo e pelo mundo – fomos indelevelmente marcados por uma aspiração transcendental.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)