Comida

O Café Tati, em Lisboa, vai fechar no final do ano

233

Celebrizado pelos concertos de jazz e as jam sessions, o popular café vai dar lugar a um restaurante. Proprietários dizem que não tiveram "oportunidade" de negociar um aumento de renda.

O Café Tati, em Lisboa, vai fechar no final de 2018. Segundo notícia avançada pelo jornal Público, o número 36 da Rua Ribeira Nova, perto do Cais do Sodré, vai por um ponto final nos sete anos de funcionamento que já levava.

Famoso pelos concertos de jazz, as jam sessions e a grande aposta em nos ditos “vinhos naturais”, este espaço já era ponto de paragem obrigatória para muitos amantes de boa comida, bebida e… música. Segundo o diário, no seu lugar nascerá um restaurante “que pagará uma renda muito superior ao que os donos do Tati pagam neste momento”. Ramón Ibañes, um dos proprietários do café, explica que: “Disseram-nos que teríamos de sair no final do contrato, mas não tivemos oportunidade de negociar um eventual aumento de renda”.

“Nós abrimos no Verão de 2011 e conhecemos um bairro que era mesmo bairro porque nessa altura não havia nada parecido no Cais do Sodré. Só depois do boom do turismo é que esta zona começou a mudar”, acrescenta Ramón.

Gonçalo Marques, o responsável pela programação musical do espaço, conta que “o Tati já era conhecido pelas jam sessions que decorrem todos os domingos há largos anos e nas quais têm participado artistas nacionais e estrangeiros”.

De acordo com Ramón, os clientes ainda não foram avisados formalmente do encerramento. O contrato de arrendamento termina a 31 de dezembro e esse será, à partida, o último dia de funcionamento do Café Tati. Até lá, toda a programação e funcionamento decorrerá de forma normal. Ramón Ibañez explica ainda que irá abrir um novo negócio, noutro espaço, assim que for possível.

Atualização às 13h01 de 30/8/2018: Foi corrigido o ano de inauguração do Café Tati

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]
Cancro

Ficção e realidade

João de Bragança

Neste Setembro Dourado para a comunidade que lida com o cancro infantil é tempo de contar histórias reais para alertar quem decide, quem não sabe o suficiente, para que também a realidade faça sentido

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)