Depois de dois meses de entradas e saídas, terminou o dia de todas as decisões: o mercado de transferências em Portugal fechou esta sexta-feira à meia-noite e os clubes portugueses aproveitaram as últimas horas para arrumar a casa no que às saídas diz respeito, enquanto procuraram (nem todos com sucesso) soluções para posições específicas dos seus plantéis.

Neste último dia, para além de tentarem colocar excedentários, por empréstimo ou transferência definitiva, FC Porto e Sporting apresentaram-se na linha da frente deste sprint final em busca de reforços: os dragões queriam um médio e apresentaram Bazoer; os leões procuraram um avançado e um lateral esquerdo, mas o relógio venceu as intenções leoninas e o mercado fechou sem que qualquer reforço chegasse a Alvalade neste último dia.

Bazoer, médio holandês do Wolfsburgo, foi oficializado como reforço do FC Porto, depois dos habituais exames médicos realizados durante a tarde desta sexta-feira. O atleta de 21 anos chegou ao Dragão vindo do Wolfsburgo por empréstimo de um ano, com opção de compra, à semelhança do que aconteceu com o lateral esquerdo Jorge, apresentado esta quinta-feira, depois de o Mónaco ceder o brasileiro por uma época. Alberto Bueno também foi inscrito pelos dragões, fazendo assim parte do plantel azul e branco na presente temporada.

Dose dupla de reforços no Dragão: Jorge e Bazoer a caminho por empréstimo com opção de compra

Já a situação do Sporting revelava-se mais difícil de resolver: os leões estavam no mercado por um avançado e um defesa esquerdo, com vários nomes apontados principalmente para a posição mais adiantada do terreno. Falou-se de Rui Fonte (Fulham), do colombiano Muriel (Sevilha), do sérvio Prijovic (PAOK) e do espanhol Sergio León (Betis), para além de Luiz Phellype (P. Ferreira), Thiago Santana (Santa Clara) e William (Desp. Chaves), mas, por falta de acordo, desinteresse do Sporting ou dos próprios atletas, os negócios não se concretizaram e Luc Castaignos assume-se, cada vez mais, como a quarta opção ofensiva dos leões, atrás de Bas Dost, Montero e Diaby.

A notícia do dia em Portugal foi o regresso de Fábio Coentrão. O lateral esquerdo que esteve emprestado ao Sporting na temporada passada e que negou qualquer contacto dos leões para reingressar em Alvalade acabou por se desvincular do Real Madrid e surpreendeu tudo e todos ao regressar ao clube onde deu os primeiros passos no mundo do futebol: o Rio Ave. O clube de Vila do Conde anunciou a contratação do internacional português nas redes sociais.

Para reforçar o lado esquerdo da defesa, o Sporting tentou a contratação de François Moubandjé, internacional suíço do Toulouse. Depois de ter sido ligado ao FC Porto, o lateral esquerdo esteve nas contas dos leões e foi a principal aposta de Sousa Cintra para uma posição onde só conta com Jefferson e Lumor. Ainda assim, com o fecho do mercado, também esta hipótese falhou.

Depois de muita especulação e longas horas de espera, o colombiano ex-FC Porto Jackson Martínez foi mesmo confirmado como reforço do Portimonense. O jogador renovou com o Guangzhou Evergrande e chega por empréstimo de uma época ao emblema de Portimão, que apresentou ainda mais seis reforços por empréstimo: Jubal (Arouca), Matheus de Jesus (Estoril), Lucas Fernandes (São Paulo), João Carlos (Fluminense), Luís Henrique (Ferroviária de Araraquara) e Paulinho Bóia (São Paulo).

https://twitter.com/transf_min/status/1035604285080432648

Por sua vez, o Sp. Braga conta com o jovem Tiago Dias, avançado formado no Benfica e que chega ao Minho emprestado por uma época pelo AC Milan.

Quanto a saídas, foram algumas as situações resolvidas neste último dia: no Sporting, Matheus Pereira, depois da polémica com José Peseiro, foi oficializado por empréstimo no Nuremberga, tal como Ryan Gauld Pedro Delgado, emprestados ao Farense, e Mattheus Oliveira, cedido ao V. Guimarães pela segunda época consecutiva.

No FC Porto, José Sá rumou à Grécia para representar o Olympiacos (a equipa de Pedro Martins tentou ainda, sem sucesso, fechar Ricardo Quaresma), enquanto Luís Mata, lateral esquerdo de 21 anos que atuava na equipa B dos dragões e Rui Moreira, médio de 22 anos também da formação secundária, foram cedidos por empréstimo ao FC Cartagena, da Segunda Divisão B espanhola. O médio nigeriano Mikel Agu também foi cedido, sendo emprestado por uma época ao V. Setúbal.

Saidy Janko, lateral esquerdo suíço de 22 anos que trocou o Saint-Étienne pelo FC Porto neste mercado de verão, foi emprestado ao Nottingham Forest durante a próxima época.

Dos três clubes portugueses presentes nas competições europeias, o Benfica foi o menos ativo neste fecho de mercado, sem reforços referidos para o plantel de Rui Vitória. Chegou-se a falar de Bruno Varela voltar a rodar na Segunda Divisão espanhola, depois de já ter representado o Valladolid, mas o guardião português acabou por permanecer no Benfica. Já Samaris, sem espaço na equipa encarnada, poderia ter abandonado o clube caso surgisse alguma proposta aliciante para os cofres da Luz, mas tal não aconteceu e o grego permaneceu nos vice-campeões nacionais. Adel Taarabt foi inscrito na Liga Portugal, segundo a lista divulgada pelo órgão, e Gedson Fernandes renovou contrato até 2023, ficando com uma cláusula de 120 milhões de euros, a maior a nível nacional.

https://twitter.com/transf_min/status/1035611647791046656

O Tondela anunciou a saída do extremo Miguel Cardoso para os russos do Dinamo Moscovo, ao passo que o Boavista contratou o extremo brasileiro Ronald Santanna ao Sport Clube Internacional. O Desp. Aves garantiu o empréstimo de André Ferreira, guarda-redes do Benfica, assim como a contratação definitiva de Mato Milos, lateral direito croata que nunca se afirmou nos encarnados e rumou ao Aves a custo zero; emprestado pelo Estoril chegou o avançado Bruno Gomes. Em sentido contrário seguiu Artur Moraes, que rescindiu com os avenses. Já o Desp. Chaves anunciou a chegada do avançado André Aguiar, proveniente do Figueirense, enquanto o P. Ferreira contratou Nininho ao Remo do Brasil e o V. Setúbal se reforçou com Dankler, ex-Estoril.

Fechado que está o mercado, é tempo de contar as caras novas na Liga NOS: o FC Porto reforçou-se com os centrais Mbemba (Newcastle) e Éder Militão (São Paulo), o lateral direito João Pedro (Palmeiras) e o ponta-de-lança Marius (Cotonsport). Por empréstimo, chegaram o lateral esquerdo Jorge (Mónaco) e o médio Bazoer (Wolfsburgo).

Já o Benfica recebeu o guardião Vlachodimos (Panathinaikos), os defesas Conti (Colón), Lema (Belgrano) e Ebuehi (ADO Den Haag), os médios Alfa Semedo (Moreirense) e Gabriel (Leganés) e os avançados Castillo (Pumas) e Ferreyra (Shakhtar Donetsk). Por empréstimo do Sevilha chegou o lateral direito Corchia.

https://twitter.com/transf_min/status/1035663534401748993

Por sua vez, o Sporting passou a contar com o guarda-redes Viviano (Sampdoria), os defesas Marcelo (Rio Ave) e Bruno Gaspar (Fiorentina), os médios Nani (Valência) e Raphinha (V. Guimarães) e o avançado Abdoulay Diaby (Club Brugge). Por empréstimo os leões receberam o guardião Renan (Estoril) e os médios Sturaro (Juventus) e Gudelj (Guangzhou Evergrande).

No futebol europeu, recorde-se que o mercado inglês fechou a 9 de agosto e o italiano a 17 de agosto. A principal liga com prazo de inscrições até à meia-noite desta sexta-feira, para além da portuguesa, foi a francesa; a liga alemã encerrou às 17h e a espanhola às 23h. E também houve mexidas internacionais neste último dia: o Paris Saint-Germain emprestou o médio argentino Giovani Lo Celso ao Betis de William Carvalho e o guardião Kevin Trapp ao Eintracht Frankfurt de Francisco Geraldes ,o Sevilha de Daniel Carriço e André Silva contratou Quincy Promes ao Spartak MoscovoNuri Sahin é reforço do Werder Bremen depois de deixar o Dortmund, Bernat reforçou o PSG vindo do Bayern Munique, assim como Choupo-Moting (Stoke), Borja Mayoral vai jogar até ao final da época no Levante por empréstimo do Real Madrid, Rui Fonte foi emprestado pelo Fulham ao Lille e Moussa Dembelé chega ao Lyon proveniente do Celtic para o lugar de Mariano, reforço do Real Madrid.

https://twitter.com/transf_min/status/1035577465647841280

Também Bebé, português ex-Benfica, trocou o Eibar pelo Rayo Vallecano, clube que tinha representado na temporada passada por empréstimo, e Paulo Henrique Ganso mudou-se por empréstimo desde o Sevilha para o Amiens de França.