Moçambique

África-China. Cooperação com China não será derrubada

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, classifica a cooperação entre Moçambique e China como uma relação sólida que ninguém vai derrubar.

ANTÓNIO SILVA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, classificou no domingo, em Pequim, a cooperação entre Moçambique e China como uma relação sólida que ninguém vai derrubar

“A árvore plantada com amor é a verdadeira amizade entre Moçambique e China porque ninguém a vai derrubar”, referiu, citado pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

Filipe Nyusi encontra-se na capital chinesa para participar na terceira edição do Fórum de Cooperação China-África (FOCAC), que decorre esta segunda e terça-feira. A anteceder o evento, Moçambique organizou um fórum de negócios (um encontro com empresários dos dois países) em que foram assinados oito memorandos de entendimento entre entidades moçambicanas e chinesas.

Segundo os números apresentados pelo chefe de Estado no fórum de negócios, a China tornou-se num dos maiores investidores no país: no período entre 2013 e o primeiro semestre deste ano, foram aprovados 149 projetos correspondentes a 751 milhões de dólares de investimento direto estrangeiro, suscetíveis de criar cerca de 20 mil postos de trabalho, referiu, citado pela agência estatal moçambicana.

Nyusi destacou a presença da China nos setores do turismo, ecoturismo, agricultura, agroindústria, mineração, produção de energia e infraestruturas. “A República Popular da China é o maior investidor na indústria hoteleira e está também na aquacultura e pescas onde os volumes de produção têm estado a crescer anualmente”, sublinhou.

À margem do fórum de negócios, o Presidente recebeu em audiência representantes de 11 empresas chinesas, entre as quais algumas já presentes em Moçambique e outras que pretendem ir se estabelecer no país. Entre os entendimentos estabelecidos por entidades dos dois países, o banco Millennium bim assinou um memorando com a Fosun International, empresa que opera na área de finanças, seguro, turismo e saúde.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PS

O terrível regresso da "Europa da troika" /premium

Miguel Pinheiro

Nas eleições europeias, o PS é contra a "Europa da troika", contra a "Europa dos populistas" e contra a "Europa do Brexit". Ou seja: é uma soma de confusões, contradições e baralhações.

Venezuela

Um objeto imóvel encontra uma força imparável

António Pinto de Mesquita

Num dos restaurantes mais trendy de Madrid ouve-se o ranger de um Ferrari que para à porta. Dele sai um rapaz novo, vestido com a última moda. Pergunta-se quem é. “É filho de um general venezuelano”.

Venezuela

Um objeto imóvel encontra uma força imparável

António Pinto de Mesquita

Num dos restaurantes mais trendy de Madrid ouve-se o ranger de um Ferrari que para à porta. Dele sai um rapaz novo, vestido com a última moda. Pergunta-se quem é. “É filho de um general venezuelano”.

Enfermeiros

Elogio da Enfermagem

Luís Coelho
323

Muitos pensam que um enfermeiro não passa de um "pseudo-médico" frustrado. Tomara que as "frustrações" fossem assim, deste modo de dar o corpo ao manifesto para que o corpo do "outro" possa prevalecer

Poupança

O capital liberta

André Abrantes Amaral

É do ataque constante ao capital que advêm as empresas descapitalizadas, as famílias endividadas e um Estado sujeito a três resgates internacionais.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)