Pelo menos oito pessoas morreram esta segunda-feira numa explosão de origem indeterminada, ocorrida numa fábrica de munições próxima da cidade do Cabo, no sudoeste da África do Sul, indicou um responsável local.

“Houve uma explosão na fábrica Rheinmetall Denel de Somerset West às 15h45 (14h45 de Lisboa), temos a confirmação da morte de oito pessoas”, disse o responsável da segurança da Câmara da Cidade do Cabo, J.P. Smith, citado pela agência noticiosa francesa AFP.

Segundo a African News Agency, há várias pessoas desaparecidas, e os bombeiros que acorreram ao local estão a participar na operação de socorro e já conseguiram controlar o incêndio que se seguiu à explosão.

A empresa Rheinmetall Denel (RDM) confirmou o incidente, mas não forneceu qualquer balanço. “Deu-se uma explosão num dos edifícios. Neste momento, somos incapazes de confirmar a presença de feridos ou de mortos”, indicou, em comunicado.

“Estamos agora a investigar as causas da explosão”, acrescentou a RDM, uma filial do grupo privado alemão de armamento Rheinmetall e da empresa pública de defesa sul-africana Denel, especializada na produção de obuses de artilharia.