A atriz brasileira Beatriz Segall morreu esta quarta-feira no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde se encontrava internada com problemas respiratórios. Com 92 anos, a atriz ficou conhecida em papéis como a vilã Odete Roitman que interpretou na telenovela “Vale Tudo”, em 1988 (e que está a ser reexibida no canal brasileiro Viva).

Beatriz Segall foi internada no final de agosto e chegou a ter alta, mas esta semana voltou a ser internada, como informa o Extra. Com uma carreira consagrada em mais de 70 anos, a Globo lembra algumas das suas palavras. “Até hoje eu sou chamada Odete na rua. Em Cuba me chamaram de Dona Odete”,disse. “Criou-se um mito, que atrapalha um pouco, de sempre fazer papel de chique, de bem-vestida. Eu queria fazer o papel de u ma mulher bem povão, mas o público não aceitou”,  acrescentou

Os seus últimos trabalhos na Globo, onde começou na novela “Dancin’ days”, foram na telenovela Lado a lado (2012) e na série “Os experientes” (2015), esta foi aliás a sua última participação na televisão.

Beatriz Segall já tinha, em 2015, sofrido uma lesão num braço depois de uma queda no palco durante a peça “Nine – Um Musical Feliniano”, em São Paulo. Acabou por ter que ser substituída. Dois anos antes tinha sofrido uma queda na rua.