Reino Unido

Londres diz que Putin é responsável pelo ataque com novichok em Inglaterra

O secretário de Estado britânico para a Segurança acusou Vladimir Putin de ser "em última instância" o responsável pelo ataque com novichok contra Sergei Skripal e a filha do ex-espião russo.

WILL OLIVER/EPA

O secretário de Estado britânico para a Segurança acusou esta quinta-feira o presidente russo Vladimir Putin de ser “em última instância” o responsável pelo ataque com novichok, em Inglaterra, contra Sergei Skripal e a filha do ex-espião russo.

“Em última instância, evidentemente, ele é o responsável. Ele (Vladimir Putin) é o dirigente do Estado”, afirmou Bem Wallace em entrevista à estação BBC Radio 4, um dia depois de Londres ter acusado os antigos serviços de informações militares de Moscovo (GRU), de ter organizado a operação de envenenamento com o gás nervoso fabricado na Rússia.

Sergei Skripal e a filha foram atingidos pelo gás nervoso novichok, no sul de Inglaterra, no passado mês de março.

Na quarta-feira, a primeira-ministra britânica, Theresa May, acusou os serviços secretos militares russos da autoria da tentativa de assassínio com novichok por dois “agentes” do GRU, sobre os quais foram emitidos mandados de captura.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)