Itália

Partido de Salvini poderá ter de mudar de nome para evitar pagar multa de 49 milhões de euros

Um tribunal em Génova ordenou a apreensão permanente de todas as contas bancárias associadas ao partido italiano de extrema-direita por desvio de fundos para uso pessoal entre 2008 e 2010.

AFP/Getty Images

O partido italiano de extrema direita, Liga Norte, foi condenado a entregar 49 milhões de euros relativos a subsídios eleitorais que terão sido desviados entre 2008 e 2010. Para evitar esta apreensão e a consequente falência, o partido do ministro do Interior e vice-primeiro ministro italiano, Matteo Salvini, poderá ser obrigado a mudar de nome e só depois ser relançado, revela o The Guardian.

A decisão foi tomada por um tribunal em Génova, que ordenou a apreensão permanente de todas as contas bancárias associadas à Liga, pois os fundos não foram contabilizados nos registos do partido — que forma atualmente governo com o partido anti-sistema Movimento 5 estrelas — e terão sido desviados para uso pessoal, como a compra de diamantes e barras de ouro. O problema é que a Liga não terá reservas suficientes para pagar os 49 milhões de euros, correndo o risco de ir à falência.

Em 2017, a investigação levou à condenação de Umberto Bossi, fundador e ex-líder do partido, a dois anos e meio de prisão e do seu tesoureiro, Francesco Belsito.

Salvini, no mês passado, disse que “nunca viu esse dinheiro”. O ministro do Interior de Itália referiu publicamente que não colocava em cima da mesa a hipótese de mudança de nome do partido. No entanto, avança o jornal britânico, Giancarlo Giorgetti, membro do partido, disse que “se o tribunal confiscar o dinheiro, a Liga acabou”.

Entretanto, Salvini já reagiu à ordem do tribunal e, citado pelos meios de comunicação internacionais, disse não estar preocupado “porque o caso diz respeito a coisas que se passaram há oito ou nove anos. É um caso do passado”. “Se eles nos querem tirar tudo, podem ir em frente. Não teremos problemas em continuar na política porque os italianos estão connosco”, sublinhou.

E, caso o partido termine mesmo, como será o seu novo nome? Segundo o The Guardian, que consultou fontes próximas, há várias hipóteses. “Italianos primeiro”, “Liga Nacional” e “Liga para Salvini” são alguns dos nomes que já terão sido sugeridos.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Moçambique

A extradição de Chang e o futuro da Frelimo

Manuel Matola

Apesar da complexidade do caso e da gravidade das acusações contra Manuel Chang, uma eventual extradição para Moçambique garantiria de que o processo-crime que corre em Maputo teria uma morte natural.

Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)