Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Pela primeira vez, um aluno português foi distinguido com a medalha de prata nas Olimpíadas Internacionais da Informática. Kevin Pucci alcançou, assim, o melhor resultado de sempre para Portugal nesta competição.

Na edição deste ano, a delegação portuguesa foi composta por quatro alunos do Ensino Secundário — Kevin (aluno do 11º ano do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins em Chaves), David Nassauer (da Escola Secundária D. Filipa de Lencastre, em Lisboa), André Guimarães (do Externato Marista de Lisboa) e Diogo Rodrigues (do Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia). A equipa foi liderada pelo professor Pedro Ribeiro (da Universidade do Porto) e por Pedro Paredes (aluno de doutoramento em CMU, Pittsburgh). Com esta conquista, Portugal — que participa no evento desde 1992 — passa a acumular uma medalha de prata e oito de bronze.

A 30ª edição das Olimpíadas Internacionais da Informática (OII) decorreu entre 1 e 8 de setembro em Tusuka, no Japão. A prova contou com 335 alunos de 87 países ou regiões e avaliou o talento para os jovens para a programação. Durante dois dias, os alunos participaram em competições de cinco horas, com três problemas diários que testaram os conhecimentos informáticos e de algoritmos.

Nas Olimpíadas foi feita também a entrega de prémios do Concurso Ibero-Americano de Informática e Computação, evento de destinado a alunos da América Latina e da Península Ibérica. Nesta prova, que serve de preparação para as OII, Portugal participou com os oito melhores classificados das Olimpíadas Nacionais da Informática e conquistou seis medalhas — uma de ouro, três de prata e duas de bronze.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR