A Space X, o programa aeroespacial do grupo Tesla, lançou esta segunda-feira para órbita o satélite de comunicações 18 Telstar Vantage, através do foguetão Falcon 9, que alcançou oficialmente as 60 missões em oito anos. O lançamento estava previsto para as 11h28 (4h28 em Portugal Continental) a partir da estação da Força Aérea de Cabo Canavernal, na Flórida, Estados Unidos.

No total, foram quatro horas de lançamento, tendo o satélite sido implementado cerca de 32 minutos após ter sido lançado. Além disso, a Space X tentou também aterrar a primeira fase do Falcon 9 no seu navio drone “Of Course I Still Love You” (em português “Claro que ainda te amo”) cerca de 10 minutos depois do lançamento.

O satélite, fabricado numa parceria entre a empresa canadiana Telesat e a empresa APT Satellite Co. Ltd., de Hong Kong, é o segundo satélite comercial mais pesado alguma vez colocado em órbita e pretende fornecer serviços de comunicação, desde Internet a televisão, na região da Ásia.

Este é o décimo lançamento que a Space X faz este ano, depois de uma pausa de mais de um mês, o maior intervalo da empresa entre os lançamentos deste ano.