Rádio Observador

Bruno de Carvalho

Depois das eleições e de ser internado, Bruno de Carvalho regressou ao Facebook: “Um Leão é duro!!”

313

Depois de ser internado na noite em que Frederico Varandas foi eleito presidente do Sporting, Bruno de Carvalho regressou ao Facebook. "Estou quase a 100%! Estamos na luta", disse o ex-líder leonino.

Bruno de Carvalho foi internado na noite das eleições do Sporting

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

As eleições do Sporting decorreram sem sobressaltos, Frederico Varandas é o novo presidente do clube de Alvalade, João Benedito deu os parabéns ao vencedor e as palavras de união e reconstrução monopolizaram o passado sábado no clube verde e branco. De Bruno de Carvalho, para estranheza de muitos, nada se ouviu. Soube-se no dia seguinte, domingo, que o antigo presidente do Sporting tinha sido internado na noite das eleições devido a uma “intoxicação medicamentosa”. Mais tarde, fonte próxima de Bruno de Carvalho desmentiu a informação junto do Jornal de Notícias, revelou que se tratou apenas de uma gastrite e admitiu ações judiciais “contra os os autores da notícia”.

Esta terça-feira, Bruno de Carvalho regressou ao Facebook para garantir que está bem e “na luta”. “São milhares de mensagens de pessoas preocupadas com a minha saúde. Estou quase a 100%! Um Leão é duro! Estamos na luta! Obrigado a todos!”, escreveu o ex-presidente destituído na Assembleia-Geral do passado mês de junho.

Dias antes das eleições do Sporting — e já depois de subir ao piso 3 da SAD e reivindicar a presidência do clube —, Bruno de Carvalho desistiu da providência cautelar que tinha interposto para poder ser candidato. O antigo presidente tinha entrado com uma ação contra o Sporting, Jaime Marta Soares e a Comissão de Fiscalização para pedir a suspensão dos atos disciplinares praticados pela mesma Comissão de Fiscalização — designadamente a suspensão de sócio do clube, que o impediu de concorrer às eleições.

Ainda assim, horas depois de se tornar pública esta desistência da providência cautelar, o ex-presidente destituído recorreu às redes sociais para reiterar a ideia de que não desiste de voltar à liderança do Sporting nem de ser candidato numas futuras “eleições livres”, garantindo que irá impugnar as eleições onde Frederico Varandas foi eleito o 43.º presidente da história do clube de Alvalade.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mfernandes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)