Crime

Ex-jogador do Saint-Etienne morto a tiro semanas depois de o irmão ter sido assassinado

William Gomis, ex-defesa central do Saint-Etienne, morreu esta segunda-feira na sequência de um tiroteio com armas AK-47. Autoridades acreditam que foi um acerto de contas por tráfico de drogas.

Morreu esta segunda-feira, com apenas 19 anos, William Gomis, antigo defesa central do Saint-Etienne, na sequência de um tiroteio com armas AK-47 em la Seyne-sur-Mer. O diário francês L’Équipe avança que a polícia francesa encara o acidente como um acerto de contas num cenário de tráfico de drogas. Além de Gomis, há ainda uma segunda vítima mortal, um adolescente de 14 anos.

O próprio clube francês confirmou a morte do jogador num comunicado onde revela que “os dirigentes, treinadores, jogadores e funcionários do clube estão profundamente afetados pela morte súbita de William e deixam as suas mais profundas condolências à família”.

Ainda não são conhecidas as circunstâncias em que aconteceu o tiroteio. A imprensa local dá conta de que não se conhece, para já, a identidade dos atiradores e que a polícia encontrou 24 cartuchos de AK-47 na cena do crime.

A morte de William Gomis acontece apenas algumas semanas depois de outra tragédia ter abalado a sua família: também o irmão do jogador foi assassinado a tiro.

Gomis integrou a formação do Saint-Etienne mas, em cinco anos com a camisola do clube, nunca conseguiu estrear-se pela equipa principal. Fez carreira na equipa B, onde atuou em 18 jogos na última temporada, usando a braçadeira de capitão em muitas delas. No mesmo comunicado, o clube francês elogiou as qualidades do jogador, “defesa sólido e hábil”, que “contribuiu, na temporada 2017/18 para a ascensão da equipa B para a segunda divisão”.

Os companheiros de equipa de Gomis têm prestado a sua homenagem ao jogador nas redes sociais, como foi o caso de Anthony Maisonnial, que disse estar “chocado mas, sobretudo, triste”. “Quando fui chamado naquela noite para receber a notícia, pensei que fosse um pesadelo. Todos os nossos momentos e alegrias que passámos juntos irão permanecer para sempre na minha memória. Hoje, meu irmão, partiste para a grande viagem. As minhas orações vão contigo”, disse ainda.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mbeu@observador.pt
Racismo

A violência está sempre ao virar da esquina /premium

José Manuel Fernandes
635

Depois do caso do bairro Jamaica, quando se aconselhava prudência e bom senso, o Bloco optou por acusações incendiárias. Pior: discursos como os de Mamadou Ba fazem mais racistas do que anti-racistas.

Redes Sociais

Bullying aos adolescentes /premium

Maria João Marques

Adultos que esmagam nas redes sociais adolescentes só porque estes foram tontos e desmedidos (como os adolescentes normais são) são bem mais perigosos e daninhos que qualquer adolescente provocador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)