O Governo moçambicano aprovou esta terça-feira um decreto para a fixação de taxas de portagem nas travessias de pontes em todo país, anunciou o porta-voz do Conselho de Ministros de Moçambique. “O regulamento procede a atualização dos mecanismos relativos à fixação e cobrança de taxas de portagem nas travessias de pontes, aplicando-se a rede viária nacional para veículos motorizados”, explicou Augusto de Sousa Fernando, à margem da 29.ª sessão do Conselho de Ministros, em Maputo.

De acordo com o porta-voz do Governo moçambicano, a atualização das taxas visa garantir a manutenção das infraestruturas. “O que está estabelecido no decreto é que a manutenção das infraestruturas deve ser paga pelas taxas, que também vão ajudar nos programas de expansão de estradas”, acrescentou o porta-voz.

O porta-voz do Governo moçambicano garantiu que os preços das novas taxas, que serão publicadas nos próximos dias, vão tomar em consideração as pessoas que vivem nas proximidades das portagens. “A intenção é garantir que as pessoas que vivem perto das portagens não paguem um valor muito alto porque usam constantemente estas infraestruturas”, concluiu Augusto de Sousa Fernando.