Livros

Festival Literário de Ovar arranca na quinta-feira com 40 escritores e ilustradores

234

Promovido pela Câmara Municipal, o Festival Literário de Ovar vai receber, até domingo, cerca de 40 escritores e ilustradores, entre os quais Álvaro Laborinho Lúcio e Jacinto Lucas Pires.

O festival começa na quinta-feira e termina no domingo, no Jardim do Cáster

Autor
  • Agência Lusa

A quarta edição do Festival Literário de Ovar começa na quinta-feira e, até domingo, propõe diversas iniciativas com cerca de 40 escritores e ilustradores, entre os quais Rodrigo Guedes de Carvalho, Álvaro Laborinho Lúcio e Jacinto Lucas Pires.

Promovido pela Câmara Municipal de Ovar, o programa do evento, que decorre no Jardim do Cáster, integra venda de livros, painéis de discussão, espaços para interpretação de poesia, leitura de contos, workshops de ilustração, sessões de autógrafos e vários momentos de conversa entre escritores e leitores.

“Temos apostado numa programação cultural dinâmica, arrojada e diferenciadora, que se ajuste a vários e diversificados públicos”, declarou à Agência Lusa o autarca Salvador Malheiro. Segundo o presidente da Câmara, “o Festival Literário de Ovar foi criado para promover o livro e a literatura num ambiente descontraído e informal, como tem sido imagem de marca do evento, mas, mais do que incentivar a leitura e revelar novos livros e escritores”, o evento dá “a conhecer novos temas e debates, diferentes opiniões e novas visões”.

A coordenação do festival cabe ao escritor Carlos Nuno Granja, que o descreve como um certame “com cariz alternativo no panorama nacional dos eventos literários”. “O seu ambiente informal e envolvente descontraído facilitam um convívio mais generalizado, de grande proximidade entre os escritores e os leitores”, disse, acrescentando que esta proximidade ajuda a afirmar “a importância da literacia na construção de uma identidade e do pensamento livre em constante reflexão, algo que só os livros podem conceder”.

O programa da edição de 2018 do Festival Literário de Ovar inclui também o que o presidente da Câmara considera ser “um momento especial” dedicado à história do concelho”: a apresentação do Volume 4 do “Dicionário da História de Ovar”, que tem autoria de Alberto Sousa Lamy e, segundo Salvador Malheiro, constitui “uma obra valiosíssima que regista e recupera memórias coletivas do povo vareiro”.

Entre os autores, ilustradores e outros convidados do festival de 2018 incluem-se: Alberto Sousa Lamy, Luís Carlos Patraquim, Álvaro Laborinho Lúcio, Bruno Henriques, Jacinto Lucas Pires, Joana Bértholo, Rodrigo Magalhães, João Morales, Manuela Leitão, Miguel Borges, Carlos Nuno Granja, Fernando Pinto do Amaral, Fernanda Mira Barros, Marcelo Teixeira, Cristina Almeida Serôdio, Manuela Gonzaga, Isabel Nery, Joel Neto, João Rios, João Paulo Sousa, André Domingues, José Gardeazabal, Cristina Marques, Pedro Seromenho, Sofia Fraga, Maria João Cantinho, Filipa Martins e Raquel Gaspar Silva.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]
Livros

Humanistas de todo o Mundo, uni-vos!

agostinhomirandamiranda

"Será que o Iluminismo acabará por falhar porque não consegue dar satisfação às mais primitivas necessidades do homem", às quais a religião, o nacionalismo e o heroísmo romântico parecem dar resposta?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)