Condução Autónoma

Um autocarro autónomo vai passar por Lisboa e traz viagens à borla

Autónomo, 100% elétrico, com capacidade para 14 passageiros e uma autonomia média de nove horas. O Navya Arma vai passar por Lisboa entre esta quinta-feira e domingo, no âmbito da Lisbon Mobi Summit.

No sábado e no domingo, a experiência no autocarro autónomo da Transdev vai estar disponível para todos, de forma gratuita.

Transdev

Pela primeira vez, o autocarro autónomo da Transdev vai estar em Portugal. Com ele chegam também viagens grátis em Lisboa, durante este fim de semana. O veículo autónomo “Navya Arma” é 100% elétrico, tem capacidade para 14 passageiros, uma autonomia média de nove horas e foi o modelo escolhido pela operadora de transportes para ser apresentado durante o Lisbon Mobi Summit, um evento de mobilidade que começa esta quinta-feira e termina no domingo, dia 16.

O autocarro vai fazer um percurso inaugural esta quinta-feira entre o cais fluvial de Belém e a Central Tejo, das 18h às 20h (reservado apenas aos participantes do evento) e vai estar em exposição na Central Tejo esta quinta e sexta-feira, das 11h às 19h. No sábado e no domingo, a experiência vai estar disponível para todos de forma gratuita.

Este autocarro operado pela Transdev, a líder mundial na operação de serviços de mobilidade autónoma partilhada, contém várias tecnologias que permitem analisar em tempo real os percursos, bem como todos os obstáculos que podem surgir ao longo do caminho. Segundo Pierre Jaffard, diretor da empresa, “os veículos estão equipados com múltiplos sensores e câmaras que detetam os objetos à sua volta, abrandando suavemente a marcha quando estes se aproximam e parando quando estão demasiado próximos”. Não há ligação à Internet, por questões de segurança, e as rotas são pré-estabelecidas e “sempre em comunicação com um sistema central de gestão de frotas”.

A mobilidade autónoma proporciona serviços ecológicos, mais flexíveis, personalizados e acessíveis, mais extensos no tempo e no espaço, mais segurança e conforto e serviços integrados e mais conectados, que contribuem para uma melhor experiência do consumidor”, reforça Pierre Jaffard.

A experiência da Transdev com a condução autónoma começou em 2005, quando a operadora francesa celebrou o primeiro contrato comercial do mundo, em Roterdão, na Holanda, “onde uma frota de veículos autónomos garante a deslocação de passageiros entre uma estação de metro e um bairro comercial”, explicou a empresa em comunicado.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Transportes

Mobilidade: a disrupção que aí vem /premium

Ricardo Jorge

A área da mobilidade vai assistir a uma disrupção nos próximos anos. Temos de reaproveitar os milhões de pessoas que fazem da condução a sua profissão, e que vão ser forçadas a mudar de carreira.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)