Nem sempre os polícias têm de lidar com perigosos delinquentes, que os obrigam a recorrer à violência e aos tiros para impor a ordem. Por vezes, surgem situações em que se exige não a força bruta, mas uma delicadeza extrema, para resolver a situação de forma eficaz e sem traumas.

A acção, devidamente documentada em vídeo, reporta uma situação vivida em Ropsten, nos arredores de Estocolmo, Suécia, onde o trânsito estava um caos acima do que é normal. Tudo porque um cisne resolveu passear-se pela via pública à hora de ponta. Por muito belo que seja o animal, não era evidente que a ave, visivelmente fora do seu meio, conseguisse regressar a casa, pelo menos com a totalidade das suas penas intactas.

Com uma paciência infinita, uma vez que este familiar do ganso, mas com um pescoço king size, não parecia querer reconhecer a autoridade do agente, o polícia agiu literalmente como pastor, conduzindo o bicho de regresso à água. Mas a pé, pois aparentemente o cisne não estava para grandes voos.

O vídeo não apanha a confusão inicial, com a esbelta ave a instalar a pânico no meio do trânsito matinal, mas sim o final feliz do estranho evento, aquele em que o cisne estava quase a chegar a casa.