Rádio Observador

Naufrágios

Tanzânia. Naufrágio no Lago Vitória causa mais de 40 mortos

Mais de 40 pessoas morreram quando um 'ferryboat' naufragou no sul do Lago Vitória, na Tanzânia, informou um porta-voz do governo à televisão estatal do país.

Ana Freitas/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Mais de 40 pessoas morreram esta quinta-feira quando um ‘ferryboat’ naufragou no sul do Lago Vitória, na Tanzânia, informou um porta-voz do governo à televisão estatal do país.

“De acordo com as informações que o Presidente, John Magufuli, acaba de receber das autoridades locais em Mwanza, o balanço é atualmente superior a 40 mortos”, declarou Gerson Msigwa.

O ‘ferryboat’ Nyerere naufragou esta quinta-feira com um número desconhecido de pessoas a bordo, perto da Ilha Ukara, no sul do maior lago de África, segundo um comunicado da agência tanzaniana de serviços elétricos e mecânicos, o operador público do navio.

“Estavam a bordo mais de uma centena de pessoas quando o ‘ferryboat’ se afundou, temendo-se que muitas deles tenham perdido a vida”, disse George Nyamaha, que lidera o Conselho Distrital de Ukerewe, que se situa na região de Mwanza.

O ‘ferryboat’ transportava também mercadorias quando se virou junto ao cais, sendo que a causa do acidente não foi esclarecida. Contudo, naufrágios como este acontecem frequentemente devido ao excesso de carga que segue nos barcos. Os balanços são muitas vezes trágicos, pois além da falta de coletes salva-vidas a bordo, muitos dos passageiros não sabem nadar. Em 1996, quase 700 pessoas morreram quando uma embarcação se afundou no mesmo lago.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Feminismo

Liberdade p/assar /premium

Alberto Gonçalves
363

O descaramento do MDM e associações similares é infinito. Uma coisa, já de si irritante, é a sensibilidade contemporânea a matérias tão insignificantes que não ofenderiam o antigo arcebispo de Braga.

Natalidade

Como captar os votos de um jovem casal?

Ricardo Morgado

O nascimento de uma criança altera, complemente, a vida de um jovem casal. Para que tal aconteça mais vezes, é essencial que o Estado saiba responder às suas necessidades e a algumas urgências.

Toxicodependência

Fernanda Câncio, a droga não é "cool"

Henrique Pinto de Mesquita

Venha ao Bairro do Pinheiro Torres no Porto. Apanhamos o 204 e passamos lá uma hora. Verá que as pessoas que consomem em festivais não são bem as mesmas que estão deitadas nas ruas do Pinheiro Torres.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)