Crédito à Habitação

Taxa de juro do crédito à habitação sobe em agosto para máximo do último ano

A taxa de juro implícita no crédito à habitação subiu para 1,039% em agosto, face a 1,038% em julho, atingindo o máximo do último ano, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

MARIO CRUZ/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A taxa de juro implícita no crédito à habitação subiu para 1,039% em agosto, face a 1,038% em julho, atingindo o máximo do último ano, revelou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro aumentou 2,7 pontos base em agosto, para 1,498%. Já a prestação média vencida manteve-se em 242 euros, sendo que, deste valor, 45 euros (19%) referem-se a pagamento de juros e 197 euros (81%) a capital amortizado.

Nos contratos celebrados nos últimos três meses, o valor médio da prestação subiu 15 euros em agosto, para 323 euros. O capital médio em dívida para a totalidade dos contratos de crédito à habitação aumentou 68 euros, para 52.084 euros.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)