Na continuidade do programa Smart Fossil Free Island, que arrancou em Fevereiro na ilha portuguesa de Porto Santo, o Grupo Renault anunciou que vai implementar o mesmo tipo de projecto, mas agora na ilha francesa Belle-Île-en-Mer.

Denominada FlexMob’ïle, a iniciativa junta uma série de parceiros (Comunidade de Comunas de Belle-Île-en-Mer, Morbihan Energies, Les Cars Bleus e Enedis), todos eles com a missão de contribuírem para desenvolver um ecossistema eléctrico que permita reduzir a pegada de carbono e promover a independência energética da ilha.

O nosso objectivo com este inovador projecto é idêntico ao que temos para a ilha de Porto Santo: conceber soluções globais, através de tecnologias já existentes e outras que estão a ser desenvolvidas, para responder a necessidades locais. Aquilo que vamos realizar em Belle-Île-en-Mer é replicável noutras ilhas, mas, também, a outra escala, como em cidades ou mesmo bairros”, explica o director do Veículo Eléctrico do Grupo Renault, Gilles Normand.

O programa FlexMob’ïle vai estender-se por 24 meses, período durante o qual vai ser colocada à disposição, para aluguer em serviço livre, uma frota de veículos eléctricos que os residentes e os visitantes de Belle-Île-en-Mer poderão usar, já partir de 2019, para se deslocarem. Mas há uma particularidade neste serviço: é que a frota vai poder abastecer-se aproveitando os excedentes da energia produzida pelos painéis solares instalados nos principais edifícios públicos. “Com o sistema de carregamento inteligente poderemos iniciar o carregamento dos automóveis apenas na altura em que a energia produzida pelos painéis é superior à consumida”, realça Gilles Normand.

A par da mobilidade eléctrica partilhada e do carregamento inteligente, o armazenamento estacionário de energia será outra das frentes de intervenção, estando previsto que o Grupo Renault forneça à principal estância da ilha baterias usadas, provenientes dos seus veículos eléctricos. Essas baterias terão assim uma segunda vida, já que irão permitir armazenar a electricidade produzida durante o dia pelos painéis solares – energia essa que será restituída, durante a noite, para satisfazer as necessidades da estância.