Séries

Saturday Night Live. Alec Baldwin vai voltar para imitar Donald Trump

O ator Alec Baldwin, que até já foi criticado pelo presidente americano por este papel, vai voltar a parodiar Donald Trump no Saturday Night Live depois de ter dito que se ia "reformar" da personagem.

Vários atores imitarem Trump no Saturday Night Live desde 1988. Alec Baldwin começou as imitações em 2016 no SNL

Frazer Harrison/Getty Images

A imitação de Donald Trump feita por Alec Baldwin no Saturday Night Live — o ‘SNL’ – até já levou o presidente do Estados Unidos da América a criticar o ator. Agora, a cara por detrás da personagem de Jack Donaghy, da série 30 Rock — que lhe valeu dois prémios Emmy — vai voltar para a 44ª temporada do SNL para mais imitações do chefe de estado norte-americano depois de uma reforma da personagem anunciada em maio.

Lorne Michaels, o criador da série de sketches filmados ao vivo, que todas as semanas de emissão tem um convidado especial, revelou que Baldwin aceitou aparecer novamente no programa. Segundo Michaels, não seria proveitoso nenhuma outra personalidade pegar na imitação criada por Baldwin por esta estar muito associada ao ator, avança a CNN.

Alec Baldwin é um convidado regular no SNL e a personalidade que mais vezes apresentou o programa de sketches. No passado, devido a esta imitação, Trump disse que Baldwin era mau ator. Num tweet, o presidente americano chegou a referir o ato como “terrível” depois de Baldwin ter dito que era “uma agonia” fazer esse papel.

Já Baldwin, não perde tempo com medidas nas palavras ao falar-se nesta nova temporada e futuras imitações, como avançou a CNN: “Trump é louco. Acho que a maioria das pessoas o sabe. O tipo é maluco”.

A imitação de Trump feita por Baldwin teve bastante sucesso durante as eleições norte-americanas em 2016. O sketch em que o ator faz de Trump pela primeira vez, com a comediante Kate McKinnon, que imita Clinton, tem mais de 25 milhões de visualizações no YouTube. Os dois brincam no vídeo com o debate presidencial entre os dois candidatos.

Outros sketches tiveram também muito sucesso, o que levou Baldwin a continuar a aparecer no programa a brincar com Trump noutras situações, como o polémico caso entre Michael Cohen e Donald Trump, em março de 2018.

Ao longo das 44 temporadas de Saturday Night Live, vários políticos viram atores imitarem-nos em sketches cómicos. Em algumas situações em que os atores são muito parecidos com as personalidades que imitam, durante vários anos estes continuaram a aparecer nos sketches a fazer estas paródias. Exemplo disso é a imitação de Tina Fey da governadora Sarah Palin, que foi candidata a vice-presidentes dos Estados Unidos da América. A imitação — que também teve bastante sucesso–  foi, contudo, mais bem recebida por Pallin, que chegou a aparecer com Michaels e Fey no programa.

Outros políticos norte-americanos, como Bernie Sanders, também tiveram imitações com bastante sucesso devido às parecenças que tinham com os imitadores. Neste último caso, o comediante Larry David imitou Sanders depois de ter sido constatado que os dois eram muito parecidos. Sanders, como Pallin, também não levou a mal a piada e participou num sketch com Larry David.

Em novembro de 2015, ainda decorriam as primárias republicanas para se escolher o candidato à presidência americana, Donald Trump foi um dos convidados do programa. Na altura, o atual presidente norte-americano chegou a brincar com as imitações que lhe eram feitas, ainda Alec Baldwin não tinha sido convidado para o imitar. Larry David entrou também no monólogo inicial com que começam todos os episódios, mas dessa vez sem imitar ninguém.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)