A atleta e artista de variedades Manuela Novais, conhecida como ‘Manecas’, de 77 anos, morreu nesta manhã de domingo, no Hospital Garcia de Orta, em Almada, no distrito de Setúbal, disse à agência Lusa um familiar.

Manuela Novais que foi lançadora de peso e chegou a ser campeã nacional de Badminton, fundou em 1973 o restaurante Manecas, no Parque Mayer, espaço lisboeta onde atuou em vários teatros, tendo contracenado, entre outros, com a atriz Manuela Maria.

O seu restaurante tornou-se um espaço de encontro de artistas e de tertúlias, tendo também inaugurado um restaurante, Manecas II, no Bairro Alto que, entretanto, encerrou.

Entre 1966 e 1969 fez Manecas sucesso no Brasil, onde gravou discos. Testemunha deste sucesso é a cantora Maria José Valério, que numa entrevista disse que Manecas lhe abriu portas do meio musical brasileiro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Manuela Novais nasceu em Setúbal e, além de atriz foi também fadista, tendo sido a criadora do fado “Agora Choro à Vontade” (Guilherme Pereira da Rosa/Eugénio Pepe).

O velório de Manecas realiza-se na segunda-feira a partir das 18h00 na igreja de Santa Isabel, em Lisboa, de onde, na terça-feira às 14h00 sai o funeral para o cemitério do Alto de S. João, também na capital.