Marte

NASA encontrou o robô Opportunity, perdido na tempestade de poeiras em Marte

153

Desde junho deste ano que a NASA perdeu o contacto com Opportunity que explora a superfície de Marte. Mais de 100 dias depois, localizou o robô, mas ainda não conseguiu estabelecer contacto.

NASA/JPL-Caltech/Univ. of Arizona

À primeira vista parece apenas um pequeno ponto branco, mas a imagem de alta resolução permitiu à agência espacial norte-americana (NASA) localizar o robô Opportunity. O robô deixou de dar sinal em junho de 2018, quando uma tempestade de poeiras atingiu a superfície de Marte.

Desde início do mês de setembro, à medida que a tempestade de poeiras ia abrandando e a visibilidade aumentava, crescia também a esperança de recuperar o robô que, desde 2004, explora o planeta vermelho. A primeira imagem chegou no dia 20 de setembro. A equipa da NASA espera que os painéis solares consigam agora receber luz solar suficiente para devolver a atividade ao robô.

A NASA continua a tentar estabelecer contacto com o robô, mas está ciente de dois tipos de problemas: por um lado, se as baterias tiverem descarregado completamente pode ser mais difícil retomarem atividade; por outro, a robô poderá ter perdido a noção do tempo (não sabe em que dia está ou que horas são) — mais ou menos como quando desliga um despertador da tomada e ele perde a memória da hora.

A tempestade de poeiras começou a afetar o planeta no início de junho, em particular a região do vale Perseverança, onde o Opportunity se encontrava. Com cada vez menos luz solar a chegar à superfície do planeta, os painéis solares não conseguiam produzir energia suficiente para alimentar o robô. A 10 de junho deixou de comunicar e entrou em hibernação.

Curiosity, outro robô a explorar a superfície de Marte, estava do outro lado do planeta, mas acabou por ser atingido pela tempestade que deu a volta ao planeta.

O robô Opportunity foi identificado pela câmara de alta-resolução HiRISE a bordo do satélite da NASA — Mars Reconnaissance Orbiter —, a 268 quilómetros da superfície marciana.

A NASA ainda não teve notícias do robô Opportunity, mas pelo menos conseguimos vê-lo outra vez”, escreveu a agência em comunicado.

No final de agosto, a equipa da NASA começou a lançar três “beeps” por semana, na esperança que o robô Opportunity responda de volta. A partir de meados de setembro, a frequência dos “beeps” aumentou para várias vezes por dia, mas até ao momento ainda não houve qualquer sinal de retorno.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: vnovais@observador.pt
Exames Nacionais

Reflexos na pauta /premium

Teresa Espassandim

Vamos lá lutar é por aquela décima no exame que a média agradece e os rankings rejubilam! Mas não esquecer o teatro, ERASMUS, o associativismo, o activismo, o desporto, o voluntariado, as viagens…

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)