Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Foi com a pontaria acertada e numa vitória que estragou os planos do Real Madrid no ataque à liderança isolada, que André Silva se tornou esta quarta-feira no melhor marcador da Liga Espanhola, depois de apontar dois golos na vitória do Sevilha sobre os merengues por 3-0. E bastaram apenas quatro minutos.

No Estádio Sánchez Pizjuán, o ponta de lança português, que este ano foi contratado ao AC Milan, abriu o marcador aos 17 minutos, depois de um passe de Jesús Navas. E enquanto se festejava o golo, chega outro. Aos 21 minutos, o ex-jogador do Futebol Clube do Porto volta a marcar, tornando-se no melhor marcador da La Liga, com seis golos. Aos 39 minutos, Ben Yedder marcou o terceiro e último golo do jogo, com assistência de Franco Vazquez.

Mesmo inicialmente condicionada por várias lesões — Escudero, Mercado, Gonalons e Amadou –, a equipa da casa conseguiu acabar com o registo de cinco jogos invictos do Real Madrid, que continua na liderança com 13 pontos, a mesma pontuação do FC Barcelona, que esta quarta-feira também perdeu 2-1 contra o Leganés, que ocupava o 17.º lugar.