Um homem de 56 anos natural de Hong Kong foi diagnosticado com uma estirpe de Hepatite E que costuma desenvolver-se apenas em ratos, noticia a BBC. Trata-se da primeira ocorrência desta doença num ser humano, que também tem uma estirpe humana, habitualmente benigna.

De acordo com a BBC, apesar de ainda não ser clara a origem da infeção, os contentores do lixo no exterior da casa do homem estavam infestados com ratos.

Investigadores da Universidade de Hong Kong identificaram a infeção depois de exames médicos terem revelado um funcionamento anormal do fígado, na sequência de um transplante de fígado a que o homem foi sujeito. Depois, os investigadores realizaram testes complementares aos exames médicos e colocam a hipótese de o homem ter contraído o vírus devido a uma infestação de ratos na comida.

Os sintomas da hepatite E incluem icterícia, cansaço, febre, náuseas, vómitos e dor abdominal. O homem infetado já se encontra em recuperação.