Um sismo de magnitude 7,7 na escala de Richter atingiu a costa da ilha de Sulawesi, na Indonésia, esta sexta-feira, provocando um tsunami que destruiu várias casas nas cidades de Palu e Donggala, na ilha de Celebes, noticia a Associated Press. Há relatos de várias famílias desaparecidas, de acordo com o porta-voz das autoridades indonésias.

O tsunami foi registado por várias pessoas nos locais atingidos, em vídeo e imagens.

O porta-voz da agência de desastres, Sutopo Purwo Nugroho disse em declarações às televisões locais, citado pela CBS, que várias casas foram “varridas” e famílias estão desaparecidas, acrescentando que as comunicações na área foram cortadas. “O corte nas telecomunicações e a escuridão estão a dificultar os esforços para conseguir obter alguma informação”, revelou, acrescentando que “todo o potencial implantado” e que na manhã deste sábado serão utilizados helicópteros para fornecer assistência nas áreas afetadas pelo tsunami.

O rasto de destruição deixado pela força do tsunami é bem evidente nas imagens, sobretudo na zona da cidade de Palu, uma das áreas atingidas.

Um outro abalo ocorrido mais cedo nesta sexta-feira destruiu algumas casas e matou uma pessoa, além de deixar dez feridos, de acordo com o último balanço das autoridades. Uma série de tremores de terra em julho e agosto matou quase 500 pessoas na ilha turística de Lombok, a centenas de quilómetros a sudoeste de Sulawesi.

A Indonésia fica localizada no Círculo de Fogo do Pacífico e é frequentemente atingida por sismos. Em 2004, um terremoto na costa norte da ilha indonésia de Sumatra provocou um tsunami pelo oceano Índico que matou 226 mil pessoas em 13 países, incluindo mais de 120 mil na Indonésia.

(em atualização)