Marinha

Marinha diz que caixa com mil munições se perdeu a caminho da base dos fuzileiros

192

A Marinha disse que a "queda inadvertida" da caixa na via pública ocorreu na zona do Seixal, durante o percurso entre o Alfeite e o Vale de Zebro e elogiou o cidadão que a entregou à PSP.

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

A Marinha anunciou esta sexta-feira que a caixa com mil munições que foi entregue por um civil à PSP caiu no Seixal, quando estava a ser transportada para a Escola de Fuzileiros, no Barreiro, proveniente da Base Naval do Alfeite.

“As cinco toneladas de material militar (explosivos e munições) provenientes da Lituânia foram conferidas no período da tarde do dia 26 até ao final do dia 27 de setembro. Enquanto decorria o processo de conferência do material, foi recebida, no dia 27 de setembro, pelas 12h30, uma comunicação por parte da Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional, de que haveria uma caixa com mil munições de 9 mm, à guarda da Polícia de Segurança Pública de Setúbal”, esclarece a Marinha em comunicado. O documento, que faz uma análise preliminar ao incidente, salienta que foi verificada a existência de 41 caixas, apurando-se existir uma caixa em falta.

“Foi posteriormente recebida uma nova comunicação da PSP de Setúbal, com a inclusão de fotografias, que permitiu confirmar que o lote das munições da caixa à guarda da PSP pertencia ao material que retraiu (proveniente) da missão realizada na Lituânia”, frisa.

A Marinha explica que a “queda inadvertida” da caixa na via pública ocorreu na zona do Seixal, durante o percurso entre o Alfeite, em Almada, e o Vale de Zebro, no Barreiro, elogiando o comportamento do cidadão que encontrou a caixa de munições e a entregou às autoridades. “O material militar proveniente da Lituânia encontra-se todo conferido e acondicionado nos respetivos paióis na Escola de Fuzileiros, com a exceção da referida caixa de munições que se encontra à guarda da PSP de Setúbal”, refere ainda.

Na quinta-feira, a Marinha anunciou a abertura de um processo de averiguações, com caráter de urgência, para apurar as causas do incidente.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Venezuela

Um objeto imóvel encontra uma força imparável

António Pinto de Mesquita

Num dos restaurantes mais trendy de Madrid ouve-se o ranger de um Ferrari que para à porta. Dele sai um rapaz novo, vestido com a última moda. Pergunta-se quem é. “É filho de um general venezuelano”.

Enfermeiros

Elogio da Enfermagem

Luís Coelho
323

Muitos pensam que um enfermeiro não passa de um "pseudo-médico" frustrado. Tomara que as "frustrações" fossem assim, deste modo de dar o corpo ao manifesto para que o corpo do "outro" possa prevalecer

Poupança

O capital liberta

André Abrantes Amaral

É do ataque constante ao capital que advêm as empresas descapitalizadas, as famílias endividadas e um Estado sujeito a três resgates internacionais.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)