O antigo ciclista Alves Barbosa, o primeiro corredor a vencer por três vezes a Volta a Portugal em bicicleta, morreu este sábado na Figueira da Foz aos 86 anos, disse à agência Lusa um familiar.

O antigo ciclista, que ao longo da carreira apenas representou o Sangalhos, venceu as edições de 1951, 1956 e 1958 da Volta a Portugal e terminou no 10.º lugar a Volta a França de 1956. Mais tarde, acabaria por treinar novos ciclistas no Benfica.

Alves Barbosa morreu no Hospital distrital da Figueira da Foz, onde estava internado, devido a problemas respiratórios e cardíacos “que se complicaram”, disse à Lusa o antigo presidente da autarquia de Montemor-o-Velho Luís Leal, sobrinho de Alves Barbosa.

O ciclista nasceu em Vila Verde, na Figueira da Foz, em 24 de dezembro de 1931, e morreu este sábado no Hospital distrital da Figueira da Foz, onde estava internado, devido a problemas respiratórios e cardíacos.

Marcelo lembra o “grande desportista”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Governo apresentaram as condolências à família do antigo ciclista Alves Barbosa. A página oficial da Presidência da República na internet destaca o “grande desportista”.

Grande desportista, o antigo ciclista foi o primeiro corredor a vencer por três vezes a Volta a Portugal em bicicleta, em 1951, 1956 e 1958. Participou também na Volta a França de 1956 terminando em 10.º lugar.

Também o Governo assinalou o morte do ciclista português. “Honra à memória deste grande senhor do ciclismo. Alves Barbosa deixa-nos uma carreira que servirá de inspiração para as gerações futuras. Um grande abraço à sua família e à do ciclismo português”, escreveu o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, na sua página no Twitter.

O Benfica, clube por onde Alves Barbosa passou como treinador, também lhe prestou homenagem. “Depois de uma carreira brilhante enquanto ciclista, onde chegou a terminar uma Volta a França na 10.ª posição, abraçou a carreira de treinador aos 61 anos, ao serviço do Sport Lisboa e Benfica”, recorda o clube da Luz.

O funeral de Alves Barbosa está marcado para este domingo, às 17h, em Montemor-o-Velho.