A pressão da crítica desportiva relativa ao desempenho do treinador português soma-se à antecipação da prova de ferro contra o Valência, que acontecerá esta semana em mais uma jornada da Liga dos Campeões, bem como o jogo contra o Newcastle que acontecerá no próximo sábado, dia 10 de outubro.

Ed Woodward, presidente do Manchester United, enfrenta um dilema sobre o futuro de José Mourinho no clube. No seguimento da derrota de sábado passado contra o West Ham (3-1), o treinador português pode vir a comprometer a sua estadia no clube, caso não mude o rumo da equipa.

O clube inglês considera que Zinedine Zidane, que deixou o Real Madrid em maio, pode ser o candidato ideal para o lugar ocupado atualmente por Mourinho, caso este venha a sair do clube, embora Ed Woodward esteja a tentar evitar fazer grandes mudanças de estratégia durante o decorrer do campeonato e da Liga dos Campeões.

Algumas figuras da direção do clube de Manchester negam ter entrado em contacto com o treinador francês, embora se especule que Zidane tenha estado a aprender inglês para preparar a sua vinda para Inglaterra.

O estilo frontal e irreverente de Mourinho tem causado algum atrito a nível do clube e faz com que alguns apoiantes do Manchester United considerem que Zidane possa ter um perfil mais adequado para o clube e para o plantel, dado que Mourinho já teve algumas quezílias com alguns dos jogadores de nacionalidade francesa (caso de Pobga e Anthony Martial).

Durante os dois anos e meio que Zidane esteve no comando da equipa madrilena provou que era capaz de lidar com as personalidades fortes de alguns dos seus jogadores à época, mostrando que pode vir a ser uma alternativa viável para mudar o rumo do clube inglês. No entanto no que toca a fazer novas estrelas brilhar e criar dinâmicas fortes de equipa, Zidane ainda não alcançou o nível de trabalho e a metodologia perfecionista pela qual Mourinho é conhecido.

Nem todos contra Mourinho

Mas são os maus resultados que têm abalado mais a estabilidade do clube, pois o Manchester United apresenta neste momento uma distância considerável da liderança. A pressão derivada da atual situação poderá ser um fator de decisão do futuro do treinador português, por parte da direção do clube, caso os resultados continuem numa espiral negativa.

Contudo, Gary Neville, antigo capitão do United, veio expressar-se através das redes sociais em defesa de Mourinho, dizendo que deviam ser atribuídas responsabilidades a Woodward pela “confusão” em que o clube se encontra atualmente, acusando-o de fazer uma dirigência desprovida de um plano consistente.

https://twitter.com/GNev2/status/1046298837952933888

Porém, as decisões em campo de Mourinho têm levantado algumas suspeitas e desconfiança no seu trabalho. Alguns membros do clube discordam com as mudanças de tática nos jogos contra o West Ham e contra o Tottenham, com quem também sofreu uma derrota por 3-0.

A derrota com o West Ham foi a terceira este campeonato e representou o pior início de época desde 1990, com apenas sete jogos, o United encontra-se no 10º lugar da tabela, com 10 pontos somados e com uma distância de nove pontos do 1º classificado, o clube rival Manchester City.