As famílias residentes em Lisboa e Porto vão ter direito a várias benesses a partir de 2019. Entre elas, está a criação do passe-família que está em preparação pelo governo no âmbito do Orçamento do Estado e que poderá permitir poupanças mensais superiores a 100 euros, avança o Correio da Manhã na sua edição de hoje. Além disso, as famílias que, por exemplo, tenham quatro utilizadores de transportes públicos, só duas, no limite, pagarão passe.

Este benefício, que deverá entrar em vigor em 2019, surge depois da proposta dos presidentes das Áreas Metropolitanas de Lisboa, Fernando Medina, e do Porto, Eduardo Vítor Rodrigues. Nas Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto, passará ainda a vigorar um passe único com apenas dois tarifários. De acordo com o jornal, 30 euros no percurso dentro dos municípios e de 40 euros nas viagens entre municípios, são os valores que estão a ser avaliados pelo Governo para esses dois regimes.

Recorde-se que o primeiro-ministro, António Costa, anunciou a criação desse título na entrevista à TVI na última segunda-feira. O desenho final da medida e os respetivos preços estão na fase final de aprovação. Os ministérios do Ambiente e das Finanças estão ainda em negociação dos detalhes.

Passes sociais mais baratos? O problema não está só no preço, avisa especialista