Maputo

Oftalmologistas portugueses vão assistir grupo de 100 albinos em Maputo

O grupo de 100 pessoas vai receber óculos graduados com proteção ultravioleta, segundo o comunicado do Hospital Central de Maputo.

PEDRO SA DA BANDEIRA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Uma centena de albinos moçambicanos vão receber assistência médica de oftalmologistas da Khanimambo, uma organização não-governamental (ONG) portuguesa que iniciou esta quarta-feira uma visita a Maputo, informa um comunicado oficial.

O grupo de 100 pessoas vai receber óculos graduados com proteção ultravioleta, segundo o comunicado do Hospital Central de Maputo.

A missão é composta por oftalmologistas portugueses, que, além de prestarem assistência às pessoas, vão apoiar médicos dos Hospital Central de Maputo em aspetos técnicos na área de oftalmologia. A visita da missão da organização Khanimambo termina na sexta-feira.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)