No passado mês de Setembro, a Volvo registou um crescimento de 35% face ao mês homólogo do ano anterior, num movimento contrário ao mercado automóvel em Portugal, cujo total de matrículas caiu 14%.

Em comunicado, a Volvo Portugal destaca que no acumulado do ano está a crescer 6,4% no país, “sendo mesmo a marca, entre os fabricantes premium tradicionais, que mais cresce a nível nacional”.

A nível global, há também razões para alimentar o optimismo do construtor de Gotemburgo, com a Volvo Cars a antever um novo recorde de vendas no final do ano.

De Janeiro a Setembro, a Volvo soma 472.553 veículos matriculados, um aumento de 14,3% comparativamente ao ano anterior. Europa (+6,4%); Estados Unidos (+29,8%) e China (+16,8%) contribuem para esse crescimento, no qual os modelos mais vendidos até agora foram o XC60 (134.975); o XC90 (70.329); V40/V40 Cross Country (59.501) e XC40 (48.543).