Um condutor de tuk-tuk esfaqueou esta terça-feira à tarde um funcionário do hotel Pestana CR7 Lisboa, na Rua do Comércio, avança o Jornal de Notícias. O esfaqueamento aconteceu na sequência de uma discussão por causa de um lugar de estacionamento. A discussão, que começou pelas 14h15, resultou na intervenção da PSP. O motorista de 47 anos foi detido e a vítima, de 30 anos, foi transportada para o Hospital de São José, em Lisboa, e está fora de perigo.

Tudo aconteceu depois de o funcionário ter pedido ao motorista do tuk-tuk para mudar o respetivo veículo de lugar, de maneira a estacionar o seu carro nos lugares reservados ao hotel. O motorista recusou aceder ao pedido do funcionário da unidade hoteleira ligada ao jogador português, o que motivou as agressões mútuas.

O esfaqueamento foi seguido de um golpe no pescoço do funcionário que, entretanto, tinha ido buscar um pau para bater no motorista. A situação foi testemunhada por agentes da PSP ali presentes, que detiveram de imediato o alegado agressor. Também o motorista foi assistido, apenas por causa de um golpe no sobrolho que resultou do confronto.