Cristiano Ronaldo

Advogados de Kathryn Mayorga consultaram o Ministério Público e a Ordem dos Advogados

159

A defesa de Kathryn Mayorga respondeu ao comunicado feito esta quarta-feira pelo advogado de Cristiano Ronaldo. E revelou que consultou o Ministério Público português e a Ordem dos Advogados.

O advogado de Cristiano Ronaldo alegou que os documentos divulgados pelo Football Leaks eram falsos

AFP/Getty Images

Os advogados de Kathryn Mayorga, a mulher norte-americana que acusa Cristiano Ronaldo de a ter violado em Las Vegas em 2009, responderam ao comunicado da defesa do jogador português que alegava que os documentos revelados pelo Football Leaks tinham sido “alterados e/ou completamente fabricados”. Larissa Drohobyczer e Leslie Mark Stovall, do escritório de advogados Stovall & Associates, consideram que o comunicado de Peter S. Christiansen é o reconhecimento de que os documentos repescados pelo Football Leaks foram “obtidos a partir de Cristiano Ronaldo ou de indivíduos agindo em nome dele”.

“Agradecemos ao advogado mais recente de Cristiano Ronaldo por confirmar e admitir, no comunicado de 10 de outubro de 2018, que os documentos do Football Leaks foram obtidos a partir de Cristiano Ronaldo ou de indivíduos agindo em nome dele. Aguardamos por rever qualquer sinal que tenda a provar, como o advogado do senhor Ronaldo sugere, que alguns dos documentos do Football Leaks foram alterados, fabricados ou contam informação falsa/imprecisa”, pode ler-se no comunicado da defesa de Kathryn Mayorga.

Além de explicar a forma como as disputas sobre a fiabilidade de documentos são resolvidas em casos civis ou criminais, o comunicado ressalva ainda que “qualquer documento ou informação debaixo do controlo ou na posse de Cristiano Ronaldo têm de ser imediatamente entregues à agência de execução penal apropriada e aos escritórios da Stovall & Associates para acelerar a investigação e a resolução das alegadas discrepâncias nos documentos da Football Leaks”.

Num segundo comunicado, a Stovall & Associates revela que a 8 de outubro enviou cópias das cartas de Kathryn Mayorga, enviadas originalmente ao Departamento da Polícia Metropolitana de Las Vegas, dos documentos publicados no Football Leaks e ainda a queixa civil apresentada pela norte-americana em setembro a várias agências de execução penal de vários países “para determinar se Cristiano Ronaldo ou quaisquer indivíduos e organizações associados a ele violaram quaisquer leis nas suas jurisdições com base na informação contida nos documentos do Football Leaks”. Entre as 18 agências mencionadas, para além do FBI, da Interpol e do Procurador-Geral de Inglaterra e Itália, estão o Ministério Público português, na pessoa de Joana Marques Vidal, a Ordem dos Advogados e ainda a Polícia Municipal de Lisboa.

Leia na íntegra o comunicado da defesa de Kathryn Mayorga:

Agradecemos ao advogado mais recente de Cristiano Ronaldo por confirmar e admitir, no comunicado de 10 de outubro de 2018, que os documentos da Football Leaks foram obtidos pelo Cristiano Ronaldo ou por indivíduos agindo em nome dele. Aguardamos por rever qualquer sinal que tenda a provar, como o advogado do senhor Ronaldo sugere, que alguns dos documentos do Football Leaks foram alterados, fabricados ou conta informação falsa/imprecisa.

Tantos nos casos civis como nos criminais, as disputas sobre a fiabilidade de documentos são geralmente questões de facto a ser divididas pelo júri. Um júri determina a veracidade dos documentos dispostos por

Comparação de diferentes versões dos documentos disputados;
Audição das testemunhas dos indivíduos que escreveram, prepararam, transmitiram e armazenaram os documentos disputados;
Consideração de circunstâncias em que os documentos foram escritos, preparados, transmitidos, armazenados e mantidos; e
Audição do testemunho de especialistas forenses que tenham examinado os documentos em causa, e dos dispositivos a partir dos quais os documentos foram escritos, preparados, transmitidos e armazenados.

Num caso civil, a descoberta é conduzida para obter provas sobre estas matérias através da troca dos documentos disputados, das análises forenses aos documentos em causa e dispositivos; e da examinação das testemunhas sob juramento. Nos casos criminais, os advogados de acusação contam com a revisão da investigação dos documentos dispositivos, da análise forense aos dispositivos e aos documentos em causa; e do interrogatório às testemunhas.

Qualquer documento ou informação debaixo do controlo ou na posse de Cristiano Ronaldo têm de ser imediatamente entregues à agência de execução penal apropriada e aos escritórios da Stovall & Associates para acelerar a investigação e a resolução das alegadas discrepâncias nos documentos da Football Leaks.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Justiça

Caça às bruxas /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
407

A presunção de inocência transformou-se numa presunção de culpa: já não é o crime que tem de ser demonstrado, mas o arguido que tem de provar a sua inocência.

Cristiano Ronaldo

A violação sem violador /premium

Rui Ramos
189

Se em relação aos crimes sexuais, criarmos um regime em que a emoção da vítima dispensa o apuramento judicial dos factos, estaremos apenas a destruir o consenso sobre a condenação desses crimes. 

Eleições no Brasil

O solipsismo colectivo /premium

Paulo Tunhas

Os missionários de esquerda vivem isolados do mundo numa bolha que generosamente lhes permite uma espécie de solipsismo colectivo. Só eles, como um todo, existem, só eles são dotados de alma.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)