Curiosidades Auto

Ponha os olhos nesta pérola. Sabe que carro é?

Há quem recupere automóveis antigos e os ponha como novos, mas há também quem pegue em carros novos e os transforme em modelos clássicos. É o caso do japonês Mitsuoka, que “criou” este Corvette C2.

Autor
  • Observador

Um dos desportivos mais emblemáticos do mundo é o Chevrolet Corvette, em qualquer uma das suas sete gerações. É claro que a primeira e segunda são as que atraem uma maior quantidade de fãs, mas não só não é fácil encontrar (e pagar) um Corvette C1 (de 1953) ou C2 (de 1963) em boas condições, como nem sempre é agradável conduzir um destes veículos no dia-a-dia, pois as mecânicas com mais de meio século são temperamentais, o chassi apresenta necessariamente mazelas que afectam o comportamento e os miminhos (tecnológicos ou não), que tanto apreciamos nos carros modernos, não estão lá. E é aqui que surge Mitsuoka.

Mitsuoka Motors é um pequeno construtor de automóveis japonês que cria veículos estranhos e, em alguns casos, bonitos. Sensível ao que é moderno, mas igualmente conhecedor em relação ao que é clássico, especialmente se carregado de história, Mitsuoka decidiu conceber, hoje, um Chevrolet Corvette C2 de 1963. É claro que é uma réplica, pois de outra forma os custos seriam proibitivos, mas o estilo exterior retoma de forma quase perfeita o desportivo americano de outros tempos.

Para servir de base, o criativo nipónico procurou um veículo que fosse ágil e divertido de conduzir, como o C2 era nos seus tempos, mas que ainda assim fosse acessível e que existisse em quantidade. A escolha recaiu no Mazda MX-5, que depois de ser alvo da atenção (e umas semanas de trabalho) se transformou numa versão mais curta de um Corvette de 63.

O motor é o de origem, ou seja o 1.5 a gasolina de 131 cv, longe pois do 5.4 V8 que o modelo original montava, ficando igualmente longe dos problemas e consumos elevados que o caracterizavam.

Só vão ser produzidas 50 unidades deste Corvette C2 de Mitsuoka, que acima de tudo serve para comemorar o 50º aniversário do fabricante e estão à venda por 36.500€. Só esperamos que agora Mitsuoka se dedique também ao Corvette C1 e C3, pois certamente não faltarão clientes.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)