Furacão

Furacão Leslie aproxima-se de Portugal. Proteção Civil lança alerta

1.720

Proteção Civil lança alerta à população, face a possíveis condições meteorológicas adversas em Portugal, à medida que o Furacão Leslie se aproxima.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil lançou esta sexta-feira um aviso à população, no qual comunica a elevada probabilidade de o território continental português ser afetado pelo Furacão Leslie, ainda que não seja possível indicar com precisão as áreas que mais vão sentir o impacto.

Lê-se no comunicado que a situação meteorológica que irá condicionar o país é ainda muito incerta, não havendo previsões sobre os efeitos em relação a vento, precipitação e agitação marítima que a tempestade causará.

Ainda assim, no domingo será quando a tempestade se pode fazer sentir com mais intensidade, esperando-se que o pico mais crítico seja entre as 00h00 e as 06h00 para o vento, as 01h00 e as 16h00 para a precipitação, as 03h00 e as 12h00 para a agitação marítima“, segundo o alerta.

No gráfico apresentado abaixo, disponibilizado pelo National Hurricane Center, pode verificar-se a sua aproximação de Portugal continental, estando de momento a deslocar-se entre os arquipélagos da Madeira e dos Açores.

O Furacão Leslie aproxima-se de Portugal continental, passando entre os arquipélagos da Madeira e dos Açores. Fonte: National Hurricane Center

O Furacão Leslie está a dirigir-se lentamente de este para nordeste e espera-se que passe a norte da Madeira durante o dia de sábado, com vento forte, aumento da agitação marítima, precipitação e trovoada, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A tempestade pode trazer ventos com 100km/h e ondas até 12 metros na Madeira, “sendo que, nas regiões montanhosas, o vento será forte a muito forte, com rajadas até 110 quilómetros por hora”, explicou o instituto.

Num comunicado emitido na quinta-feira, o IPMA indicou que o furacão Leslie se estava a deslocar para junto da Madeira, havendo entre 70% a 90% de possibilidade que as ilhas da Madeira e Porto Santo venham a sofrer os efeitos do furacão, a partir das 09h00 de sábado.

Ainda assim, segundo as projeções da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA) o Leslie já chegará a Portugal com uma classificação de “depressão tropical”.

A Proteção Civil, por sua vez, recomenda que se tenha “especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas” pela possibilidade de haver queda de ramos e árvores, que não se pratiquem atividades relacionadas com o mar, “evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima”, que não se atravessem zonas inundadas e estar-se atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

TAP cancela e antecipa voos no sábado

A transportadora aérea portuguesa TAP antecipou três voos previstos para partirem sábado de manhã da Madeira e cancelou a operação no arquipélago naquele dia até às 18h00 devido ao mau tempo provocado pela passagem do furacão Leslie.

Questionada pela agência Lusa, fonte oficial da TAP indicou esta sexta-feira que “os três primeiros voos com partida da Madeira amanhã [sábado] – dois para Lisboa e um para o Porto – são antecipados e terão as suas partidas da Madeira a verificarem-se na noite de hoje [sexta-feira]”.

“A restante operação da TAP de e para a Madeira no dia de amanhã [sábado], até às 18h00, é cancelada”, acrescentou. No entanto, segundo a mesma fonte, a TAP “irá realizar dois voos extra no domingo” um num Airbus 330 (A330) e outro num A320.

“De forma a proteger os passageiros com voos entre a Madeira e o continente reservados para o dia de amanhã [sábado], a TAP aumentou a capacidade num total de 14 voos de hoje [sexta-feira] e de domingo, passando a operar com aviões com maior capacidade do que os inicialmente previstos, de forma a acomodar os passageiros afetados”, afirmou ainda à Lusa a fonte oficial da TAP.

A fonte adiantou que “os passageiros com voos reservados para o dia de amanhã [sábado] estão a ser contactados pela TAP de forma a encontrar as melhores alternativas para poderem realizar as suas viagens”, e vincou que a empresa “continuará a acompanhar o evoluir das condições meteorológicas e previsões na Madeira, adaptando a sua operação de forma a proteger todos os passageiros”.

Também questionada pela Lusa, fonte oficial da easyJet indicou que, “até ao momento, ainda não existe nenhuma previsão de cancelamento” de voos devido ao mau tempo, mas apontou que a companhia aérea está a “acompanhar as condições meteorológicas”.

“Se decidirmos cancelar ou mudar algum voo, informamos os nossos passageiros através da app ou do e-mail, que é como costumamos comunicar com eles”, acrescentou a mesma fonte.

Entretanto, numa informação publicada no seu site e dirigida aos passageiros, a TAP indica que, “como consequência das condições meteorológicas adversas na ilha da Madeira, a TAP alerta que a sua operação regular de e para o Funchal e de e para Porto Santo poderá ser afetada”.

“Deste modo, e para minimizar qualquer impacto para os seus clientes, a TAP informa que todos os passageiros com bilhetes TAP emitidos até ao dia 12 de outubro e com viagens marcadas entre os dias 13 e 15 de outubro poderão alterar os seus voos, na mesma rota e dentro da mesma classe de reserva, sem qualquer custo adicional, para novas datas até 22 de outubro de 2018 e de acordo com a disponibilidade dos voos”, explica a companhia.

ANA aconselha passageiros a informarem-se dos voos antes de irem para aeroporto

A ANA – Aeroportos de Portugal aconselhou os passageiros com viagens para ou da Madeira no sábado a contactarem antecipadamente as companhias aéreas ou o site desta entidade, visto que o mau tempo provocou o cancelamento de vários voos.

Devido aos efeitos da passagem do furacão Leslie no arquipélago, a partir de sábado, a ANA recomenda que os passageiros se informem “sobre o estado do seu voo, antes de se dirigirem ao respetivo aeroporto”, numa nota esta sexta-feira divulgada.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)