Bolsa de Lisboa

PSI20 segue em alta, em linha com a Europa, BCP e Jerónimo Martins puxam por ganhos

Bolsa de Lisboa segue sexta-feira em alta, em linha com a tendência das principais congéneres europeias, com as ações da Jerónimo Martins e do BCP a puxar pelos ganhos.

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A bolsa de Lisboa segue esta sexta-feira em alta, em linha com a tendência das principais congéneres europeias, com as ações da Jerónimo Martins e do BCP a puxar pelos ganhos.

Pelas 08:50 (hora de Lisboa), o índice português de referência, o PSI20, seguia a avançar 0,76% para 5.032,15 pontos, com 15 ações positivas e três negativas, mantendo a tendência de abertura.

A Pharol e a Jerónimo Martins eram as empresas que mais ganhavam, avançando 2,32% e 1,46% para 0,1498 euros e 11,45 euros, respetivamente.

O BCP seguia também em valorização, com as ações a avançarem 1,10% para 0,2292 euros, depois de ter anunciado, antes da abertura dos mercados, que marcou para dia 05 de novembro uma assembleia geral extraordinária para alterar os estatutos do banco e ajustá-los a uma diretiva europeia sobre a clarificação do poder deste órgão para decidir a distribuição de dividendos.

A Sonae SGPS avançava 1,57% para 0,8420 euros, após ter anunciado, na quinta-feira, após o fecho dos mercados, que cancelou a entrada em bolsa da Sonae MC, a sua empresa da área de retalho alimentar, devido às condições adversas nos mercados internacionais.

Pela negativa, seguiam a Navigator e a Ibersol, que recuavam 0,77% e 0,22% para 4,1280 e 9,00 euros, respetivamente.

Lisboa seguia alinhado com a tendência das restantes praças europeias, que estavam hoje em alta, animadas pela perspetiva de que os mercados de Wall Street tenham uma abertura positiva, apesar do fecho negativo de quinta-feira.

Os investidores aguardam hoje, na Europa, pela publicação da produção industrial na União Europeia, em agosto e, na Alemanha, deverá ser publicada a taxa de inflação definitiva de setembro.

Tanto o euro como o barril de petróleo Brent iniciaram a sessão em alta nos seus respetivos mercados, com a moeda única a trocar-se a 1,1590 dólares e o crude de referência na Europa a cotar nos 81,14 dólares, mais 1,10% face ao fecho da sessão anterior.

Nos EUA, o Citigroup e o JP Morgan apresentam sexta-feira os seus resultados, iniciando o período de divulgação de resultados da banca da maior economia do mundo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Serviços públicos

O regresso ao Estado-polícia?

Ana Miguel dos Santos
244

Agora há taxas para tudo. Taxas de licenciamento, urbanização, fiscalização do licenciamento, vistorias, ocupação da via pública, esgotos, comunicação... É uma verdadeira propagação selvática de taxas

Eleições no Brasil

O solipsismo colectivo /premium

Paulo Tunhas

Os missionários de esquerda vivem isolados do mundo numa bolha que generosamente lhes permite uma espécie de solipsismo colectivo. Só eles, como um todo, existem, só eles são dotados de alma.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)