O mês de Setembro trouxe consigo um novo líder da tabela de vendas, posição habitualmente detida pela Renault, mas que passou a ser ocupada pela Peugeot, com a marca do leão a dominar em todas as frentes e a aumentar as suas vendas 5,3%, comparativamente ao mesmo mês de 2017, num mercado que “caiu” 11,7%.

No mês passado, a Peugeot entregou 1.465 ligeiros de passageiros e 630 comerciais, totalizando 2.095 viaturas vendidas, o que lhe confere uma quota global de 13,3%. Desta 11,6% diz respeito ao mercado de veículos de passageiros, mercado este em que a Renault deu uma valente queda em Setembro. Segundo os dados fornecidos pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP), a marca do losango, que em Agosto tinha vendido 2.486 carros (mais do dobro do que registou no período homologo do ano anterior), em Setembro não foi além do milhar, com uma variação negativa de 34,3% face ao mesmo mês de 2017. Assim, a Renault acabou mesmo por ser ultrapassada pela Mercedes (1.248) e pela BMW (1.068).

Considerando o acumulado do ano, ainda de acordo com a ACAP, a Renault entregou 26.026 veículos ligeiros de passageiros, enquanto a Peugeot transaccionou 17.967 unidades, o que lhes confere uma quota de 13,6% e 9,4%, respectivamente.