Mark Knopfler, antigo guitarrista e vocalista dos Dire Straits que iniciou uma carreira a solo na segunda metade da década de 1990, atua em Portugal no dia 30 de abril do próximo ano. O músico escocês, que tem atualmente 69 anos, apresentará na Altice Arena (antigo Pavilhão Atlântico) um novo álbum a solo, intitulado Down The Road Wherever. O disco será editado já no próximo mês de novembro, dia 16. Do disco conhece-se já um single, “Good On You Soon”.

Knopfler, que chegou a ser considerado o 27º melhor guitarrista de sempre pela revista musical Rolling Stone, ficou conhecido sobretudo pelo seu trabalho na banda Dire Straits, que fundou com o irmão, o guitarrista e teclista David Knopfler, e ainda com o baterista David “Pick” Withers e o baixista John Illsley.

Ativos entre 1977 e 1995, os Dire Straits gravaram algumas das canções mais populares do rock, com destaque para o grande êxito “Brothers in Arms”. Depois da banda terminar, em 1995, Mark Knopfler iniciou uma carreira a solo, tendo editado já oito álbuns nesse registo, dos quais Golden Heart (de 1996), Sailing to Philadelphia (2000), The Ragpicker’s Dream (de 2002) e Shangri-La (de 2004) foram os primeiros e alguns dos mais emblemáticos.

Vencedor de quatro prémios Grammy, galardão de referência da indústria musical norte-americana, Mark Knopfler atuou pela última vez em Portugal em 2015, no Parque dos Poetas, em Oeiras, no decurso do festival EDP Cooljazz.

O músico escocês num concerto em Madrid, em 2010 (@ Juan Naharro Gimenez/Getty Images)

O novo álbum do músico, que motiva uma digressão europeia que decorrerá entre abril e junho do próximo do ano, é o novo da discografia a solo de Knopfler. Para o apresentar em palco, o músico juntou Graeme Blebins (saxofone) e Tom Walsh (trompete) à sua banda habitual (e alargada), formada pelo teclista Guy Fletcher, pelo guitarrista Richard Bennett, pelo pianista Jim Cox, pelo flautista Mike McGoldrick, pelo violinista John McCusker, pelo baixista Glenn Worf, pelo percussionista Danny Cummings e pelo baterista Ian Thomas (bateria).

Os bilhetes gerais para o concerto em Lisboa oscilam entre os 32 (balcão dois e público com mobilidade condicionada) e os 62 euros (plateia A), havendo ainda bilhetes VIP a 75 e 120 euros.

A partir da próxima segunda-feira, dia 29 de outubro, haverá uma pré-venda exclusiva de bilhetes a membros do clube oficial de fãs do guitarrista, ficando os ingressos posteriormente disponíveis para o público geral.