Rádio Observador

Banca

Bancos já estão a apertar na concessão de crédito (e vão apertar mais)

116

Inquérito feito pelo Banco de Portugal revela que a maioria dos bancos garante já estar a ser mais restritiva na concessão de crédito, tanto à habitação como ao consumo. E a tendência é para apertar.

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

A maioria dos bancos garante já estar a ser mais restritiva na concessão de crédito, tanto à habitação como ao consumo, fruto da medida aplicada pelo Banco de Portugal e que entrou em vigor em julho. Esta é a principal conclusão do último inquérito às instituições de crédito nacionais, feito pelo Banco de Portugal e revelado esta terça-feira. E a tendência é para um aperto cada vez maior, já que “algumas instituições preveem restringir os critérios de aprovação nos empréstimos a particulares” no último trimestre.

“Relativamente aos empréstimos a particulares a maioria das instituições reportou critérios de aprovação mais restritivos, tanto no crédito à habitação como no crédito ao consumo”, relata o Banco de Portugal, acrescentando que “o principal fator que os bancos indicaram para explicar a maior restritividade no crédito a particulares foi o cumprimento da medida macroprudencial aplicada aos novos créditos à habitação e ao consumo pelo Banco de Portugal”.

Do lado da procura por parte dos clientes particulares, “a maioria das instituições reportou um aumento da procura de crédito para aquisição de habitação e uma estabilização na procura
de crédito para consumo”.

O aumento da confiança dos consumidores, perspetivas do mercado da habitação e o nível das taxas de juro terão sido os principais fatores subjacentes à evolução da procura de crédito à habitação.”

Do lado do crédito às empresas, “três bancos reportaram uma ligeira diminuição dos spreads aplicados em empréstimos de risco médio, tanto no segmento das Pequenas e Médias Empresas [PME] como no segmento das grandes empresas”. Além disso, “um banco reportou um ligeiro aumento da procura nos empréstimos a grandes empresas e dois bancos reportaram uma procura ligeiramente maior nos empréstimos de longo prazo”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: ecaetano@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)